Estudo comprova que atividade física diária emagrece

Nanci Hellmich

As mulheres que desejam perder bastante peso deveriam fazer uma caminhada rápida uma hora por dia e, simultaneamente, reduzir o consumo de calorias, afirma um novo estudo publicado na edição de quarta-feira (10/09) do periódico "Journal of the American Medical Association".

Mas há esperança para aqueles que não têm muito tempo para exercícios: até mesmo uma caminhada de 30 ou 40 minutos pode contribuir para a redução de alguns quilos.

Essas descobertas confirmam uma outra pesquisa importante sobre exercício e controle de peso. Para realizar o último estudo, pesquisadores da Universidade Brown e da Universidade de Pittsburgh acompanharam 184 mulheres sedentárias que pesavam, em média, 90 kg. Essas mulheres, com idades entre 21 e 45 anos, foram orientadas a consumirem entre 1.200 a 1.500 calorias diariamente e se exercitarem cinco dias por semana durante um ano.

As participantes podiam se exercitar continuamente ou em períodos de dez minutos. As mulheres receberam esteiras para malharem em casa e usaram podômetros especiais para o monitoramento de sua atividade física. Além disso, preencheram diariamente registros de exercícios e responderam um questionário. Elas caminharam com vigor - ou seja, não em ritmo de passeio, mas como alguém que está atrasado para um encontro ou corre o risco de perder o ônibus.

Elas também participaram de reuniões semanais para discutirem mudanças de hábitos alimentares e comportamentos relativos a exercícios nos primeiros seis meses. Após esse período, passaram a freqüentar duas reuniões mensais durantes os seis meses seguintes.

Muitas perderam peso durante a primeira metade do estudo e, a seguir, mantiveram o peso sob controle na segunda metade da pesquisa. Eis os resultados no final do período de um ano:

  • As mulheres que se exercitaram por 50 ou 60 minutos diariamente e consumiram cerca de 1.500 calorias por dia perderam entre 12 e 14% do seu peso inicial (algo entre 11 e 13 kg) e mantiveram o novo peso. Elas queimaram pelo menos 2.000 calorias por semana com o programa de exercícios.

  • Aquelas que se exercitaram por 30 ou 40 minutos diariamente e consumiram cerca de 1.500 calorias perderam 9% do peso inicial (algo entre 7 e 9 kg). Elas queimaram entre 1.000 e 1.500 calorias semanalmente com os exercícios.

    "Para perder muito peso, é preciso modificar a dieta e praticar o máximo de exercício possível dentro da margem de segurança", explica o principal responsável pela pesquisa, John Jakicic, diretor de atividades físicas e de pesquisa sobre gerenciamento de peso da Universidade de Pittsburgh. "Pode-se caminhar em um ritmo um pouco mais lento (contanto que não seja demasiadamente vagaroso, como o de uma pessoa que olha vitrines em um shopping center) e percorrer distâncias maiores, ou então fazer um percurso menor em maior velocidade, contanto que, ao final, a mesma quantidade de calorias tenha sido queimada".

    Segundo Jakicic, se o exercício for feito em uma esteira, a velocidade mínima deve provavelmente ficar entre 5 e 6,5 km/h. Embora os pesquisadores não tenham estudado voluntários do sexo masculino, uma recomendação similar poderá ser igualmente eficaz para os homens.

    A última pesquisa confirma estudos anteriores sobre o exercício. Dados do Registro Nacional de Controle de Peso, um grupo de mais de 4.000 pessoas que perderam em média 30 kg em um período superior a cinco anos, demonstram que os seus membros se exercitam entre 60 e 90 minutos diariamente. E, em setembro do ano passado, um relatório do Instituto de Medicina da Academia Nacional recomendou que os norte-americanos fizessem pelo menos uma hora de alguma atividade física por dia a fim de controlar o peso. Danilo Fonseca
  • UOL Cursos Online

    Todos os cursos