Para perder peso, o negócio é contar

Nancy Hellmich

Conte as calorias. Ou pontos. Ou carboidratos. Ou gramas de gordura. Ou seus passos. O importante é contar alguma coisa. E manter um registro diário de tudo o que você come, para depois fazer os devidos cálculos.

Essas são recomendações de especialistas em nutrição que trabalham com pessoas que estão tentando perder seu sobrepeso. Seguem algumas dicas para perder os quilos que sobram, de maneira bem eficiente.

Use a matemática para perder esses quilos excessivos. Descobrir quantas calorias você precisa perder por dia é algo que depende do seu tamanho, do nível de atividade e de outros fatores.

Para emagrecer um quilo, você precisa queimar aproximadamente 1.600 calorias a mais do que você consome. Então se você quer perder dois quilos numa semana, terá que aumentar a atividade e/ou diminuir o consumo para criar um déficit ou perda efetiva de cerca de 450 calorias por dia, e isso pode ser um grande desafio. Para perder quatro quilos numa semana você teria que criar um déficit de 900 calorias por dia.

De maneira geral, a maioria dos nutricionistas não recomenda que as pessoas em dieta consumam menos que 1.500 ou 1.600 calorias por dia, a não ser que estejam sob supervisão médica direta.

"Em nosso programa, raramente as mulheres cumprem dieta abaixo de 1.500 calorias por dia, porque abaixo desse limite elas sentem muita fome e aí não conseguem mais seguir o regime", diz Bonnie Jortberg,que ajuda os clientes a perderem peso na Universidade de Colorado, no Instituto de Ciências da Saúde, na cidade de Denver. Segundo Bonnie, os homens resistem bem à dieta que os submete de 1.800 a 2.000 calorias por dia.

Há vários truques para manter uma dieta que é relativamente baixa em calorias. Os alimentos que você consome devem ser ricos em vitaminas e minerais para que seu corpo receba todos os nutrientes de que precisa. Saber negociar com as calorias também é importante. Considere o seguinte: uma colher de sopa de manteiga equivale a uma xícara de melão.

Também é importante ter umas folgas de vez em quando, segundo Bonnie Jortberg. "Fazer a dieta não significa abrir mão do prazer. Significa mudar seu estilo de vida garantindo que seus alimentos prediletos também façam parte de um novo plano de alimentação, mais saudável."

Especialistas recomendam que as pessoas em dieta mantenham por vários dias um diário onde escrevam o que estão comendo. Desse modo, poderão descobrir quantas calorias estão consumindo e quais porções e alimentos precisam ser ajustados.

Os experts também recomendam a adoção de uma tabela diária indicando o quanto podem consumir, por todo o período de perda de peso e às vezes até na etapa posterior. Vários estudos, inclusive um trabalho divulgado em junho, mostraram que se perde mais peso dessa forma.

"Em nosso programa, as pessoas que mantém essas tabelas são mais bem- sucedidas que as outras", diz Jortberg. Muita gente consome muitos alimentos inconscientemente, afirma a especialista. "Se elas encarassem uma tabela honesta contendo o que realmente consomem, ficariam surpresas. Elas comem na mesa de trabalho, enquanto dirigem e enquanto assistem à televisão".

"E as pessoas também subestimam o tamanho das porções que digerem. Acham que estão comendo meia xícara, quando na verdade consomem três porções, sem perceber", analisa Bonnie Jortberg .

Robyn Flipse, nutricionista registrado na cidade de Ocean, no estado de Nova Jersey, que atendeu centenas de pessoas nos últimos 30 anos, tem o hábito de pedir aos clientes que mantenham uma tabela diária de tudo o que comem e bebem, e que calculem as calorias consumidas na semana.

Dessa forma, se o objetivo é consumir 1.600 calorias por dia, elas não devem comer mais que 11.200 calorias por semana. "Não é necessário cravar o desempenho dia por dia, mas a média semanal precisa atender à tabela", diz a nutricionista.

"É como num talão de cheques", diz Robyn, autora de um livro sobre nutrição e adolescência."Se você faz um cheque ou um depósito, você sempre deve escrever os valores no canhoto -não apenas quando é conveniente, ou se você tem uma caneta a mão ou se está a fim. Se você não escreve os valores, terá um resultado desastroso na conta. O mesmo vale para a sua dieta." Consumo de calorias deve ser visto como o uso de cheques: tudo precisa ser anotado Marcelo Godoy

UOL Cursos Online

Todos os cursos