Aprovação de Bush segue caindo, diz pesquisa

Susan Page
Em Washington

As avaliações dos americanos ao presidente Bush e sua fidedignidade atingiram novas baixas, uma queda que poderá tornar mais difícil para ele promover sua agenda legislativa e apoiar os candidatos republicanos nas eleições do próximo ano ao Congresso.

Menos de um entre 10 adultos disse preferir um candidato ao Congresso que seja republicano e que concorde com Bush na maioria dos principais temas, segundo uma pesquisa USA Today/CNN/Gallup realizada entre sexta-feira e domingo (11 a 13/11). Mesmo entre os republicanos, sete entre 10 provavelmente apoiarão um candidato que discorde ao menos em parte do presidente.

O índice de aprovação do trabalho de Bush atingiu a baixa recorde de 37%. A pesquisa encontrou críticas crescentes ao presidente, desconforto com a direção em que o país está seguindo e oposição à guerra no Iraque.

"Tudo isto é uma culminação: como fomos parar no Iraque, os preços da gasolina, as perturbações econômicas, o senso de que o presidente está fora de sintonia com o que as pessoas comuns desejam", disse o pesquisador republicano Tony Fabrizio. "Que boas notícias as pessoas têm ouvido?"

G. Terry Madonna, um cientista político e diretor da não partidária pesquisa Keystone, na Pensilvânia, disse que já vê os detentores de cargos republicanos no Estado reagindo à queda de popularidade de Bush. "Mais e mais republicanos começaram a se distanciar do presidente e estabelecer suas posições independentes", ele previu.

Na semana passada, os republicanos moderados na Câmara se rebelaram contra o projeto de gastos apoiado pela Casa Branca, e líderes do partido tiveram que retirar um pacote de impostos de Bush do Senado.

Na pesquisa envolvendo 1.005 adultos:

  • Dois terços dos independentes e 91% dos democratas desaprovam o trabalho que Bush está fazendo. Mesmo entre os republicanos, que apoiavam solidamente Bush no passado, 19% expressaram desaprovação --uma nova alta.

  • Pela primeira vez -apesar de por estreitos 49% contra 48%- a maioria desaprova a forma como Bush está lidando com a questão do terrorismo. Seis entre 10 desaprovam a forma como ele está lidando com a política externa, a economia, o Iraque e imigração, e 71% desaprovam a forma como ele controla os gastos federais.

  • Uma maioria de 53% disse que confia menos no que Bush diz do que confiava em presidentes anteriores enquanto estavam no governo. Em uma comparação específica com o presidente Clinton, 48% contra 36% dos entrevistados disseram que confiam menos em Bush.

  • Um recorde de 60% disseram que ir à guerra no Iraque "não valeu a pena". Em um resultado consistente com pesquisas anteriores, 54% disseram que foi "um erro" enviar tropas para lá.

    A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Apenas 37% dos americanos apóiam administração do presidente George El Khouri Andolfato
  • UOL Cursos Online

    Todos os cursos