Retrato de família

Cindy Clark

Em um negócio onde a imagem é tudo, suéteres combinando não bastam -especialmente se você for um rosto presente no álbum da família Jolie-Pitt.

As 19 páginas de fotos na revista "People" desta semana apresentaram ao mundo Vivienne Marcheline e Knox Léon, os gêmeos de Angelina Jolie e Brad Pitt, nascidos com grande fanfarra em 12 de julho.

Reprodução
 
As imagens descrevem um dia aparentemente casual no chatô francês de Jolie e Pitt, sem a formalidade encontrada em outras fotos de bebês de celebridades. O clima é de uma festa de pijama familiar; as fotos variam de pais com seus recém-nascidos e fotos individuais dos irmãos, até todos emaranhados na cama.

Mas "não se deixe enganar por isso", disse Howard Bragman, um agente de relações públicas de Hollywood e autor do livro "Where's My Fifteen Minutes?", que será publicado em breve. "Eu acho que isso é o que chamaríamos de 'casual estudado', que é a coisa mais difícil de criar."

Jolie, 33 anos, e Pitt, 44 anos, que disseram que planejam doar os muitos milhões que receberam pelas fotos para caridade, não estão tentando "ostentar sua riqueza, mas sua família e suas crenças em adoção e diversidade", disse Bragman.

Bragman comparou as fotos aos anúncios de moda da Benetton, que usavam modelos de diferentes etnias.

Robert Verdi, um estilista de celebridades e personalidade da televisão, concordou. "Eu realmente olho para isto como a realidade das campanhas Benetton", ele disse. "É um reflexo agradável da idéia multicultural e é evidência de que a família real de Hollywood é diversa."

As fotos incluem os irmãos Maddox, 7 anos, do Camboja, Pax, 4 anos, do
Vietnã, Zahara, 3 anos, da Etiópia, e Shiloh, 2 anos. Tirar boas fotos de crianças não é fácil, notou Verdi. "Você não consegue controlar quatro crianças, independente de quantos milhões esteja recebendo", ele disse.

Apesar das fotos poderem parecer como se as crianças tivessem acabado de entrar após brincarem no quintal, Bragman não têm dúvida de que múltiplos estilistas estiveram à mão para criar a aparência perfeita. Tanto a revista "People" quanto a Getty Images, que tirou as fotos, se recusaram a comentar o trabalho.

"Isto foi muito bem planejado e muito bem executado", disse Bragman. "Sim, eles tinham criadas, babás, seguranças e todas estas coisas que acompanham quem eles são, mas a mensagem é: 'Ei, somos pessoas comuns'."

Mesmo se estilistas estivessem presentes, "é uma nova era de paternidade onde as crianças fazem o que querem", disse Verdi. "Nenhuma criança na época em que eu cresci teria cabelo azul", ele acrescentou, se referindo ao falso penteado moicano de Maddox.

A sessão de fotos foi realizada no chatô, mas pouco da casa é visto. A
maioria das fotos foi tirada em um cômodo com paredes brancas. "Eu não acho que eles estão tentando parecer tão ricos quanto são. Se trata de
acessibilidade", disse Bragman.

Verdi disse que as fotos da família refletem uma tendência: "No momento, há definitivamente esta idéia de não parecer o papel, no sentido de riqueza. A linha é tão indistinta que a moda não mais diz às pessoas quem você realmente é -ela lhes diz quem você deseja ser".

A palheta de cores é toda neutra, com uma cor ocasional do cabelo de Maddox ou da camisa de Zahara. "O foco suave das cores é puro, bom, simples e limpo. É ausente dos adornos que tiram o foco da humanidade", disse Verdi. O cabelo de Jolie está solto e sua maquiagem é atenuada. "Isto é o mais difícil de fazer", disse Bragman. "É fácil exagerar."

As crianças estão basicamente vestidas com roupas de brincar, esmalte de unha lascado e o que parecem ser falsas tatuagens apagadas. "O desejo de salvar estas crianças de conflitos e da miséria não implica em querer controlá-las, mas que tenham a liberdade de se expressarem", disse Verdi. "Você não deseja vesti-las como objetos."

O produto final é "perfeito", disse Bragman. A família parece autêntica, e "a maior palavra em marketing é autenticidade. Se tentassem e parecessem pomposos demais, as pessoas poderiam não comprar a idéia. Quando as pessoas tentam ser o que não são, as outras pessoas conseguem perceber."

Bragman prevê que este estilo fácil e despreocupado estimulará uma tendência entre as famílias comuns. "Todo fotógrafo de retratos por toda a América fará fotos de bebês como estas." As fotos dos bebês de Brad Pitt e Angelina Jolie causaram rebuliço. "Eu realmente olho para isto como a realidade das campanhas Benetton", disse um estilista. "É um reflexo agradável da idéia multicultural e é evidência de que a família real de Hollywood é diversa" George El Khouri Andolfato

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos