Exclusivo para assinantes UOL

Refugiados sentem-se seguros e gratos por estarem nos EUA

Charisse Jones
Em Nova York

Mohamed Hashem, um universitário que estudou dança quando era criança e trabalhou como modelo, era freqüentemente ameaçado nas ruas de Bagdá. Ele fugiu para a Jordânia, passou um tempo no Líbano e se escondeu por dois anos na Síria antes de finalmente chegar a Nova York em julho na condição de refugiado.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos