Buemba! O Galvão virou vinho!

Da Redação

Em São Paulo

Monkey News no ar! Em plena Ereções 2010 a gente não pode esquecer da nossa série “O brasileiro é cordial”.

 

Olha esse aqui que gentil:

 

O pintibu é dilacerador de pintos! Rararará.

Claro que temos uma notícia fora de eleições: o Galvão virou vinho! O Galvão lançou um vinho espumante –você abre e sai o grito “É do Brasiiiiil”. É um prosecador! Rararará. Sabe por que é espumante? Porque quando ele grita, ele espuma. Dor de cabeça, azia e má digestão? Espumante Galvão! O bom é que quando a Argentina ganha, ele vira vinagre...

 

Voltando para as Ereções 2010, temos um flagrante do hilário eleitoral:

 

Sabe por que o Plínio não foi ao debate Folha/UOL? Porque ele estava em campanha pela abolição da escravatura. Rararará.

Tem ainda o Curiati número 11.100 –mandatos né? Tuma: “Votou? Agora Tuma!” E uma cinquentona que falou: eu sou pela renovação com Quércia e Alckmin! Não dá!

E tem também o Partido Fruta, que concorre com o PGN (Partido da Genitália Nacional) –que, aliás, já tem algumas propostas: vaga especial para corno em estacionamento de shopping, legalização da profissão de Ricardão e acabar com a lei da gravidade. E olha as candidatas:

 

Mulher-pêra: não tem problema de falta de fundos. E a mulher-melão:

 

Achamos um representante até no Havaí:

 

O importante, no Brasil, não é ser mulher, é ter bunda!

Outra coisa do hilário eleitoral é o jingle do Serra: agora ele virou Zé! Dizem que é para ficar mais popular... mas o povo está votando em Dilma Rousseff! Rararará.

UOL Cursos Online

Todos os cursos