Publicidade

Boletim grátis
Fique por dentro do que acontece no mundo da tecnologia
Divulgação



AVISO:
Mundo Digital agora é UOL Tecnologia; conheça o novo site
 ÚLTIMAS NOTÍCIAS

31/01/2004 12h21

Atividade do MyDoom diminui, mas ainda preocupa

Da Redação,
com agências internacionais

Na véspera do ataque programado contra o site da empresa americana de softwares SCO, especialistas e empresários continuam intrigados com a origem do vírus MyDoom, com suas conseqüências financeiras e as verdadeiras intenções de seus criadores.

O MyDoom.A, a primeira versão do vírus detectada na última segunda-feira, 26 de janeiro, está programado para lançar um ataque contra o site www.sco.com exatamente às 16h09 GMT (14h09 de Brasília) deste domingo.

"Nessa hora, todos os computadores infectados tentarão conectar-se ao site da SCO, causando sua saturação e a rejeição do serviço", afirmou à AFP Mikael Albrecht, chefe de produtos da empresa finlandesa de segurança de computadores F-Secure, uma das primeiras do mundo a detectar o vírus.

"No entanto, é provável que a Microsoft se saia bem", acrescentou Albrecht. De acordo com a F-Secure, o MyDoom.B, que deve tentar atacar a empresa de Bill Gates, é bem menos poderoso do que o previsto por causa de defeitos de fabricação.

Segundo a empresa, o MyDoom é, em termos de propagação, "o pior vírus de computador da história", apesar dos sinais de fadiga apresentados na sexta-feira, quando registrava uma taxa de infecção de 40% de todos os e-mails no planeta.

Especialistas e empresas continuam divididos em relação às conseqüências do ataque.

Mais perigoso que o vírus SoBig.F, que deu um prejuízo de US$ 37,1 bilhões, o MyDoom já provocou perdas econômicas de US$ 26,1 bilhões, segundo a empresa britânica mi2g.

Desde os anos 90, os ataques de vírus se tornaram mais profissionais. "Podemos falar de crime organizado", afirma Albrecht, que avalia em menos de 50% as chances da polícia capturar os criadores do MyDoom.

O ataque contra o site da SCO pode não ser mais do que uma manobra de distração do crime organizado, já que as primeiras mensagens infectadas partiram da Rússia.

Ao abrir "portas escondidas" nos computadores atacados, os difusores do vírus teriam o objetivo de divulgar spams ou interceptar códigos bancários.

Porém, a comunidade mundial da internet continua citando a pista dos ativistas favoráveis ao Linux, que acusam a SCO de servir aos interesses da Microsoft. O Linux, programa de código aberto, é um forte concorrente para o sistema Unix, cujos direitos de propriedade intelectual pertencem à SCO. A SCO acusa usuários do Linux de usar indevidamente partes do código do Unix no sistema operacional livre e quer cobrar royalties por isso.

Alguns internautas chegaram a chamar o MyDoom de "SCOBig". A SCO e a Microsoft oferecem uma recompensa de US$ 500 mil (US$ 250 mil cada) por qualquer informação que permita a prisão e condenção dos criadores do MyDoom.

Leia também:
  • Saiba como se livrar do MyDoom

  • UOL monta barreira contra o MyDoom

  • Prejuízo com o MyDoom sobe para US$ 22 bilhões

  • Entenda o affair MyDoom, Linux e SCO Group

  • Mydoom-A surgiu na Rússia, aposta Kaspersky

  • Prejuízo do MyDoom chega a US$ 22,6 bi; segundo pior da história

  • Microsoft também oferece recompensa pelo Mydoom

  • Mydoom vai custar US$250 mi às empresas dos EUA

  • Prejuízos com o MyDoom já chegam a US$ 3 bilhões

  • Não precisa clicar no anexo para pegar Mydoom-B

  • Especialistas e FBI se mobilizam para controlar o MyDoom

  • Variante do vírus Mydoom preocupa peritos

  • Variante do MyDoom poder ser ainda mais perigoso

  • Mydoom-B barra acesso a downloads de segurança

  • Novo Mydoom agora quer derrubar a Microsoft

  • MyDoom passa o Sobig.F e é o pior vírus da história

  • SCO oferece US$ 250 mil por autor do MyDoom

  • Vírus MyDoom se espalha pela Web; veja como se livrar da praga

  • Praga MyDoom pode ser arma do mundo Linux contra a SCO

  • Vírus MyDoom se espalha rapidamente pela Internet





  •  

     13/05/2005

    15h35 - George Bush virtual canta rap sobre luta contra terrorismo

    13h17 - Microsoft inicia testes em ferramenta de segurança

    12h36 - Gamers podem construir império virtual com academia de ginástica

    12h03 - Firefox aposta em vídeos na web para atrair internautas

    11h12 - Tempo de navegação no último ano aumentou para 60% dos internautas

    10h20 - Xbox 360 é arma da Microsoft para a guerra dos consoles

     12/05/2005

    19h59 - Preços dos computadores devem cair 9,25% com isenção de PIS e Cofins

    16h46 - Nova versão do Firefox corrige falhas de segurança

    16h07 - Homens conversam mais no celular do que mulheres, diz estudo

    14h30 - Volume de transações virtuais cresce 31% no primeiro trimestre