UOL Notícias Ooops!
 

27/08/2009 - 15h38

Novo CD do Racionais MC's deve sair em novembro

Ricardo Feltrin
Colunista do UOL
Presente de Natal para os fãs: o novo CD do Racionais deve sair em novembro. A obra é tratada pelo grupo e sua produção sob pacto de silêncio. Os fiéis seguidores estão carentes de gravações desde "1.000 Trutas, 1.000 Tretas", de 2006, ao vivo. O novo CD deverá ser o sexto em estúdio.

Faixas, nomes e até arte de capa CD são mantidos como "segredos militares". O Racionais é provavelmente o grupo brasileiro com o maior controle sobre a própria obra, e inspirou outros artistas, tais como Marisa Monte, a lutar pela posse e soberania das chamadas "matrizes" das gravações. O que significa, literalmente, o artista como proprietário de sua obra.

Mas o Racionais vai ainda mais longe. Além de controlar absolutamente tudo que grava e usa, de equipamentos a matrizes, também controla prensagem e distribuição dos CDs. Além de abastecer algumas lojas oficiais, reza a lenda, também fazem questão de facilitar a chegada do CD ao mercado ambulante. E a um preço muito mais em conta do que qualquer "major" sonhou oferecer (eis, talvez, o porquê da morte lenta dessas arcaicas corporações).

Contra a maré das estrelas da música mundial, que usam cada vez mais a internet para divulgar o trabalho, fugir da pirataria e, principalmente, vender músicas via download, o novo Racionais sairá somente em CD, a princípio. O grupo também não tem site ou blog oficial.

Diário de um talento
A carreira da maior banda de rap e hip hop do Brasil começou no final dos anos 80, na periferia de São Paulo. Em meados dos anos 90, as letras já haviam se transformado em evangelho para milhões de jovens, e seu ritmo sincopado também se virou objeto de culto --imitado e reproduzido por outro grupos Brasil afora.

Em 2007, durante a terceira "Virada Cultural", uma apresentação na praça da Sé terminou em tumulto e pancadaria indiscriminada da PM sobre a plateia. Dezenas ficaram feridos e houve depredação de lojas, bancas e bens públicos.

Mesmo sem ter culpa alguma no incidente (vá lá, tiveram uma hora de atraso, mas esse não foi o motivo, pois o público brincava, cantava e dançava, à espera do show), sobrou para o Racionais --apontado (pela polícia) como o vilão. O resultado foi a "punição" da Prefeitura de São Paulo, que nunca mais convidou a banda para apresentações, em prejuízo do público.

Além do trabalho no Racionais, Mano Brown também lança artistas todos os anos, tais como Rosana Bronk's, U-Time e Sabotage, além de manter e integrar o projeto Big Bang Johnson (que tem ainda Ice, Du Bronx, Pixote, Sandrão e Helião, entre outros).

Mano deu raríssimas entrevistas até hoje. Quando solicitado, geralmente indica KL Jay, o DJ do grupo e artista mais acessível do clã.

Ei, a coluna não termina aqui. Se quiser, assista a mais notícias exclusivas sobre TV, música (e patos) no programa Ooops!, na TV UOL.

Ouça as músicas do Racionais MC's na rádio UOL.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host