UOL Notícias Ooops!
 

09/11/2009 - 12h27

Exclusivo: Faustão recusa modelo "magra demais"

Ricardo Feltrin
Colunista do UOL
Após sete anos sendo o rostinho do merchandising do programa "Domingão do Faustão", a apresentadora Adriana Colin, 43, foi demitida. Segundo Ooops! apurou, o motivo do fim do interesse da Globo foi a idade "elevada" da moça. Não, caros leitores, vocês não entenderam mal. Apesar de linda e exuberante, 1m80, olhos verdes, ela foi considerada "velha" demais para seguir no cargo de garota-propaganda --a voz do merchan de Fausto Silva.

A primeira escolhida para substituir Adriana foi a modelo e atriz Michelle Birkheuer. Apesar de ter sido até informada da escolha --e de ter aceitado--, Michelle acabou sendo vetada. Motivo: era "magra demais" para o perfil exigido para o cargo.

Adriana Colin começou a carreira na TV no final da década 80, no SBT, como figurante de programas de humor. Em 1989, foi eleita Miss São Paulo, e no ano seguinte ficou em segundo lugar no concurso de Miss Brasil. No final dos anos 90, apresentou o programa "Fantasia", no SBT, e ainda passou dois anos na Record. É formada em jornalismo.

A Globo ainda não divulgou o nome da substituta de Adriana.

Gravação de novela atrasa e assusta Globo

Depois de virar alvo da irritação de vários atores, o atraso de Manoel Carlos na entrega de capítulos da novela "Viver a Vida" já preocupa a Globo. Segundo Ooops! apurou, a emissora ofereceu ao novelista uma estrutura extra, caso ele queira, de redatores e roteiristas para ajudá-lo na confecção dos capítulos.

Maneco, como é chamado pelos amigos, não está conseguindo entregar os capítulos a tempo, e isso não só tem atrasado todo o esquema de gravação, como encarecido a produção. Na semana passada, os capítulos chegaram às mãos da direção da novela apenas 48 horas antes de serem gravados. Antes, precisam ser roteirizados --ou seja, o diretor tem de definir quais cenas serão gravadas primeiro e com quais atores.

Para se ter uma ideia do nível de atraso em que Maneco se meteu, a Globo tem por hábito trabalhar com pelo menos 15 capítulos de "frente". Ou seja, quando um capítulo vai ao ar, os próximos 15 necessariamente já foram gravados e editados.

No caso de "Viver a Vida" a coisa começou a desandar a partir de setembro. O autor, aparentemente, começou a ter mais dificuldades em atender aos prazos e à demanda por diálogos dos personagens.

Muitos atores estão recebendo à noite suas falas, que serão gravadas logo pela manhã. Significa também que boa parte do elenco de apoio é obrigado às vezes a ficar dois ou três dias esperando sua vez de entrar em cena, o que, ainda que de forma modesta para os padrões riquíssimos da Globo, aumenta também os custos da novela.

Em 2002, o novelista Benedito Ruy Barbosa também chegou a esse nível de atraso durante a novela "Esperança". O resultado foi que a Globo decidiu fazer uma intervenção na novela e afastar seu autor.

Quem é Legal

"Arthur Moreira Lima - O Piano e a Estrada", de Marcelo Mazuras

O livro que o escritor Marcelo Mazuras acaba de lançar sobre o pianista não é só uma biografia, mas um quadro estilizado sobre a trajetória desse que é um dos artistas brasileiros mais premiados de todos os tempos. Arthur Moreira Lima, hoje com 69 anos, é um desses raros casos de genialidade precoce. Começou a tocar aos seis anos de idade e, três anos depois, já se apresentava com orquestras renomadas. Estudou no Brasil, na Rússia e na França e dominou com perfeição a técnica pianística dessas três diferentes escolas. Foi considerado por muitos anos o maior intérprete de todos os tempos de Chopin, mas sua versatilidade vai muito além de um só compositor ou um só estilo. Mazuras conheceu Arthur em 98 e desde então nunca mais se afastaram. O escritor seguiu o músico por mais de 200 cidades, assistiu a quase 300 concertos e deixou, para o artista e para a história da música nacional, um legado impossível de não ser apreciado por quem gosta de arte.

Quem Irrita

Infomerciais na Rede TV!

Não bastasse a avalanche de comerciais tradicionais, a Rede TV agora é a emissora aberta que mais faz uso dos famigerados e nauseabundos "infomerciais". São aqueles looooongos comerciais que enaltecem apenas a um produto ou serviço. Entre as "pérolas" publicitárias da emissora, o "momento Imbra" e o "Superpapo". Isso sem falar naquele lixo caça-níqueis em que apresentadoras histéricas ficam berrando para você ligar e adivinhar o quer está escrito num quadro. Dá vontade mesmo de ligar, mas para mandar aquela gente para a @#&%*@#!

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,50
    4,164
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    -0,18
    104.339,16
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host