Quarta - 01/11

Brasileiro

21h45 - Fortaleza x Corinthians


Folha Imagem
Bonamigo é mantido
21h53 26/06/2005

Para se esquivar, diretor usa deboche

Hugo Palaia reage de forma irônica às críticas, diz que Bonamigo está prestigiado e nega negociação com Leão.

MBPress

SÃO PAULO - O diretor de futebol do Palmeiras, Hugo Palaia, reagiu com deboche às perguntas sobre a derrota da equipe para o Paysandu por 2 a 1, de virada, em Belém.

"A única pressão que existe é a da panela", disse o dirigente, afirmando que a diretoria alviverde dá toda tranqüilidade ao elenco e à comissão técnica do clube. Uma possível lista de dispensa de jogadores que não estariam agradando o comando do Palmeiras também foi descartada. "Isso não existe. Lista, só sei da telefônica".

Com mais um resultado negativo, a especulação sobre a saída do técnico Paulo Bonamigo e a vinda de um novo treinador voltaram a rondar os vestiários do Palmeiras.

A diretoria do Verdão estaria descontente com os maus desempenhos da equipe sob o comando de Bonamigo. Neste período, a equipe foi eliminada nas oitavas-de-final na Copa Libertadores da América e ocupa a 15ª posição no Brasileirão, a um ponto da zona de rebaixamento.

Porém, Palaia garantiu que o atual comandante do Alviverde está mantido. "O Palmeiras continua com seu treinador, Paulo Bonamigo". O técnico confirmou que tem a confiança da diretoria. "Estou trabalhando com toda tranqüilidade, todo respaldo. Minha equipe está tranqüila para trabalhar"

O diretor também negou que o Palmeiras esteja negociando com o técnico Émerson Leão, demitido no futebol japonês e antigo sonho da diretoria alviverde. Mas não descarta contatos com o ex-goleiro. "Porque não pode existir conversa? Já fui procurador dele. Posso falar com ele e ele comigo", ironizou Palaia.


Veja também

  Leia o que já foi publicado sobre o Palmeiras



Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:
© Copyright Zipsports Ltda. Todos os direitos reservados

Shopping UOL