Quarta - 01/11

Brasileiro

21h45 - Fortaleza x Corinthians


Folha Imagem
Grafite: racismo
23h53 13/04/2005

Insulto a Grafite provoca expulsões

Advogado do São Paulo promete não tolerar provocações e faz B.O. contra Desábato. Acusação é de racismo.

MBPress

SÃO PAULO - O atacante Grafite recebeu o cartão vermelho aos 45min de jogo após se envolver em uma confusão com dois jogadores do Quilmes, o meia Arano e o zagueiro Desábato. O atacante foi xingado pelos dois jogadores argentinos e respondeu com um empurrão no rosto de Desábato, que o chamou de negro.

Passado o pequeno tumulto, o árbitro uruguaio Martín Vazquez chamou Arano e Grafite e expulsou os dois atletas.

Na saída do gramado o atacante do tricolor foi enfático: "Eles estão querendo complicar o jogo. Não vou nem dizer do que eu fui xingado para não dar ênfase a isso depois"

As ofensas racistas por parte dos argentinos não são novidade. No último confronto entre as duas equipes, realizado na Argentina, Grafite foi chamado de macaco pelos torcedores. Os jogadores não deixaram por menos e cuspiram no atleta.

O técnico Émerson Leão achou justa a expulsão dos dois jogadores, mas, assim como o atacante, afirmou que os argentinos que procuraram tumultuar a partida. "O árbitro está certo com relação às expulsões, mas o que aconteceu foi apenas conseqüência de uma somatória de atitudes do jogador adversário. O Grafite vinha sendo provocado o jogo inteiro até explodir naquele lance", disse comandante do Tricolor.

A teoria de Leão se confirma nas palavras do autor do primeiro gol do São Paulo, Diego Tardelli. "Fora dos lances, eles davam cotoveladas, provocavam mesmo", afirmou o atacante.


Veja também

  Leia o que já foi publicado sobre o São Paulo



Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:
© Copyright Zipsports Ltda. Todos os direitos reservados

Shopping UOL