Quarta - 01/11

Brasileiro

21h45 - Fortaleza x Corinthians


Folha Imagem
Aloísio: machucado
01h14 08/09/2006

Tricolor culpa saída de Aloísio por revés

Centroavante sentiu lesão ainda no primeiro tempo, deixou o São Paulo sem um homem de área e permitiu a virada do Boca Juniors na final da Recopa.

Do Pelé.Net

SÃO PAULO - O São Paulo havia acabado de marcar o primeiro gol no confronto com o Boca (o atacante Thiago balançou as redes dos argentinos aos 30min da etapa inicial). Aos 34min, porém, o centroavante Aloísio sentiu uma lesão muscular e precisou ser substituído por Alex Dias. E foi justamente essa alteração que o elenco tricolor utilizou para justificar o revés por 2 a 1 para os argentinos nesta quinta-feira, em La Bombonera.

"Nós ficamos sem uma referência na frente e isso desmontou completamente a nossa equipe. Já falei para os jogadores e isso não pode acontecer, mas nós não soubemos jogar sem a presença do Aloísio", criticou o treinador Muricy Ramalho.

A queda de rendimento do São Paulo sem Aloísio aconteceu, segundo Muricy, porque o time brasileiro deixou de ter tempo para sair do campo de defesa. "Ele estava trabalhando como pivô, de costas para os zagueiros, e estava segurando a bola até nós fazermos a transição. Sem ele, ficou um bate-e-volta enorme", observou.

Os jogadores do São Paulo concordaram com a visão do treinador e responsabilizaram a saída de Aloísio pela derrota desta quinta-feira. "Ele vinha sendo um ponto de referência para nós e o time caiu de produção quando não teve com quem jogar", admitiu o goleiro Rogério Ceni.

O zagueiro Fabão foi mais enfático e atrelou a saída de Aloísio ao domínio do Boca Juniors no segundo tempo do confronto: "Sem ele, não conseguimos segurar a bola no campo de ataque e o time adversário começou a ganhar espaço. Começamos a recuar demais e isso fez o nosso time se perder".

A saída de Aloísio foi sentida principalmente pelos jogadores do setor ofensivo. Danilo, que atuou aberto pela esquerda nesta quinta-feira, foi muito mais acionado enquanto o centroavante esteve em campo. "O nosso primeiro tempo foi bom, com a bola parando lá na frente e muito espaço para a nossa movimentação. Depois que ele saiu, não tínhamos mais esse jogador para ajeitar a bola e não cumprimos nosso propósito, que era manter a posse", lamentou o camisa 10.

Além da falta de um homem fixo na área, o São Paulo apontou as características dos atacantes Thiago e Alex Dias como razões para o domínio do Boca Juniors nesta quinta-feira. Prova disso é que Alex Dias, que havia entrado no lugar de Aloísio, foi substituído pelo meia Souza ainda aos 15min da etapa final.

"Não temos um jogador no elenco que tenha as características do Aloísio. Sem ele, nosso ataque começou a se movimentar muito e sair demais da área, e isso fez a defesa do Boca Juniors sair mais. Quando vimos, estávamos acuados", assumiu o meia Danilo.


Veja também

  Leia o que já foi publicado sobre o São Paulo



Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:
© Copyright Zipsports Ltda. Todos os direitos reservados

Shopping UOL