UOL Notícias Política
 

04/08/2009 - 16h06

Militantes contra Sarney são expulsos do plenário do Senado

Piero Locatelli
Do UOL Notícias
Em Brasília
Cerca de 25 pessoas foram expulsas da galeria do plenário do Senado, onde é possível assistir às sessões, depois de esticarem nesta terça-feira (4) uma faixa com dizeres "Fora Sarney". O grupo era composto de ex-funcionários da Embraer e filiados ao sindicato dos metalúrgicos de São José dos Campos (SP).

Segundo Aternagoras Lopes, que falou em nome dos manifestantes, o protesto era pacífico e silencioso. O grupo foi retirado do plenário a pedido do senador Adelmir Santana (DEM-DF).

De acordo com o chefe da polícia legislativa, Pedro Ricardo Araújo Carvalho, manifestações desse tipo são proibidas no Senado. Na Câmara, segundo ele, as restrições são menores.

A polícia legislativa disse que a retirada foi "como de praxe" e que não houve mais problemas. Alguns manifestantes afirmaram que foram agredidos. Um deles, que não quis se identificar, afirmou que recebeu "um murro nas costas".

No momento do incidente a TV Senado interrompeu sua transmissão, que exibia um discurso do senador Valter Pereira (PMDB-MS).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host