UOL Notícias Política
 

12/08/2009 - 14h15

Senadores petistas acreditam que Marina Silva está mesmo decidida pela filiação ao PV

Marcos Chagas
Da Agência Brasil
Em Brasília
Apesar de não ter oficializado sua decisão sobre a permanência ou não nos quadros do PT, colegas de bancada da senadora Marina Silva (PT-AC) dão como certa a sua ida para o PV. O senador Delcídio Amaral (PT-MS), afirmou que, aparentemente, a senadora acreana já optou pela troca de partido.

"Apesar de todo o esforço da bancada do PT para a permanência da senadora Marina Silva, lamentavelmente, parece que a decisão já foi tomada", disse o petista. Outro que deixou a reunião da bancada de ontem (11) com a impressão de que Marina Silva já tomou a decisão é Augusto Botelho (PT-RR).

O parlamentar deixou o almoço de senadores petistas, que ocorre toda terça-feira, com a mesma impressão de Delcídio Amaral. Já o senador Paulo Paim (PT-RS), considerou "tímida" a carta aberta da bancada de apelo para que a senadora permaneça nos quadros petistas.

"A nota da bancada foi muito tímida, na minha opinião, para quem pretende manter um quadro com a Marina no partido", disse o petista gaúcho. Para ele, uma eventual candidatura presidencial pelo PV de Marina Silva, em 2010, vai "alterar completamente o quadro sucessório que se desenha hoje".

Tanto ele, quanto Augusto Botelho, acreditam que a senadora tem potencial para repetir, na esfera nacional, o que ocorreu com Fernando Gabeira (PV-RJ) na candidatura a prefeitura da capital fluminense, em 2006, quando conquistou boa parte de dos votos no eleitorado mais jovem. Senadores próximos a petista como Pedro Simon (PMDB-RS) e Cristovam Buarque (PDT-DF) também pensam da mesma forma.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,16
    3,899
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    -0,74
    98.040,06
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host