UOL Notícias Política
 

12/08/2009 - 14h20

Oposição aprova requerimento para ouvir ex-secretária da Receita na CCJ

Claudia Andrade
Do UOL Notícias
Em Brasília
Atualizado às 15h05

Lina reiterou declaração sobre encontro com Dilma

  • Folha Imagem
A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira (12) requerimento convidando a ex-secretária da Receita Federal Lina Maria Vieira para prestar depoimento sobre o encontro que diz ter tido com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). No encontro, Dilma teria pedido celeridade em auditoria realizada nas empresas ligadas ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Lina Vieira deverá comparecer à CCJ no próximo dia 18. A oposição já tinha anunciado que ouviria a ex-secretária em outra comissão do Senado, depois de ter frustrada a tentativa de levá-la para prestar esclarecimentos na CPI da Petrobras. O relator da CPI, Romero Jucá (PMDB-RR), rejeitou o requerimento e convidou o secretário interino, Otacílio Dantas Cartaxo, ouvido na terça-feira.

A CCJ foi uma opção simples para os oposicionistas, já que é presidida por Demóstenes Torres (DEM-GO). O requerimento foi apresentado pelo senador Antônio Carlos Júnior (DEM-BA) e prevê que a ex-secretária preste depoimento sobre denúncia de "possível interferência da ministra em assuntos afetos à Receita Federal".

O líder do PT, Aloizio Mercadante (SP), enviou pedido à comissão para que a votação foi adiada, mas foi voto vencido, assim como o de Inácio Arruda (PCdoB-CE), único representante da base do governo presente na reunião.

Lina Vieira também deverá ser inquirida sobre manobra tributária realizada pela Petrobras que resultou em recolhimento menor de impostos. A ex-secretária foi demitida depois que a Receita Federal se manifestou contra a operação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,19
    4,040
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    -0,13
    94.360,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host