UOL Notícias Política
 

01/12/2009 - 17h40

Governador do Paraná ignora PT e lança pré-candidatura à Presidência

Ivan Richard
Da Agência Brasil
Em Brasília
O governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), lançou há pouco no Senado sua pré-candidatura à Presidência da República. A ideia do governador é que o maior partido do país tenha candidatura própria e não fique apenas na composição da chapa com o PT.

Segundo Requião, sua candidatura é apoiada por representantes de 15 diretórios municipais do partido. Para ele, o PMDB precisa se reformular. "A nossa intenção é levar o partido a uma discussão programática e uma reformulação."

Para o governador paranaense, o partido não pode se conformar apenas em compor uma chapa em troca de cargos. "Não podemos aceitar mais coligações que se façam em torno de acordos que levem em consideração uma diretoria estatal, um ministério, de empregos e de favores. Devemos, primeiro, conquistar nossa identidade partidária."

Requião negou que a sua candidatura sirva apenas para obter ganhos políticos. "Não compro e não vendo posição política", disse.

A ideia de candidatura própria ainda deverá ser debatida na convenção nacional do partido marcada para o próximo ano.

De acordo com Requião, desde 1994, com Oréstes Quércia, o PMDB não tem candidatura própria à presidência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    2,77
    5,377
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,81
    98.289,71
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host