Partido de Mourão vai consultar TSE sobre substituir Bolsonaro em debates

Gustavo Maia

Do UOL, em São Paulo

  • Marcelo Chello 5.ago.2018 /CJPress/Folhapress

    Jair Bolsonaro (e), Levy Fidelix (c) e General Antonio Mourão participam de convenção do PRTB em SP

    Jair Bolsonaro (e), Levy Fidelix (c) e General Antonio Mourão participam de convenção do PRTB em SP

O PRTB, partido do vice na chapa do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), general Hamilton Mourão, informou nesta quarta-feira (12) em nota que vai fazer uma consulta ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para saber se, em tese, ele poderá substituir o candidato ao Palácio do Planalto em debates e eventos nos próximos dias.

Isso porque Bolsonaro está internado em uma unidade de terapia semi-intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde se recupera da facada que levou na última quinta (6), durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

A informação foi confirmada pelo próprio Mourão, que nesta terça (11) disse a jornalistas em Brasília que já tinha "o não" garantido. "Acho que vai haver um protesto por parte dos demais partidos, uma vez que isso ocorreu quando o [Fernando] Haddad (PT) foi impedido de participar para o lugar do ex-presidente Lula", comentou.

Segundo o comunicado do PRTB, o partido já deu uma procuração ao PSL para formalizar o pedido de substituição temporária junto ao TSE para os eventos com participação prevista do presidenciável. "Contudo, isso irá ocorrer somente caso o grupo à frente da campanha julgue realmente necessário", informou.

"A decisão final sobre o tema será dada em conjunto pela coligação PRTB/PSL. A saúde de Jair Bolsonaro e os interesses patrióticos estarão sempre em primeiro plano", conclui a nota.

No sábado (8), Mourão visitou o companheiro de chapa no hospital e descartou representá-lo em compromissos previamente agendados. "Ele é insubstituível", declarou. 

O general disse ainda que a campanha deve prosseguir por meio de vídeos gravados por Bolsonaro e divulgados nas redes sociais. Alguns filmes já estavam gravados e outros serão assim que ele estiver em condições, também de acordo com o candidato a vice.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos