No último Ibope do 1º turno, Bolsonaro tem 41%; Haddad, 25%; Ciro, 13%

Do UOL, em São Paulo

pesquisa-ibope

A última rodada de pesquisa do instituto Ibope com as intenções de voto à Presidência, divulgada na noite deste sábado (6), véspera do primeiro turno da eleição, aponta que o candidato do PSL, Jair Bolsonaro (PSL), segue na liderança dos votos válidos, seguido pelo candidato do PT, Fernando Haddad. Segundo o Ibope, Bolsonaro está à frente com 41%, contra 25% de Haddad. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 

Na comparação de votos válidos com a pesquisa Ibope anterior, divulgada na última quarta (3), Bolsonaro foi de 38% para 41%, enquanto Haddad passou de 23% para 25%.

Ciro Gomes (PDT) apareceu no levantamento de hoje com 13% dos votos válidos, diante de 10% no último cenário. Na sequência, em quarto lugar, aparece o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou de 7% na quarta para 8% hoje. Marina Silva (Rede) está com 3%, diante de 4% na última pesquisa.

Ciro e Alckmin estão tecnicamente empatados no limite da margem de erro.

Os votos válidos são aqueles que excluem brancos e nulos -- ou seja, os que necessariamente são declarados a favor de uma candidatura. Para ser eleito em primeiro turno, o (a) candidato (a) precisa obter no mínimo 50% mais um voto do total de votos válidos.

Brancos e nulos e votos totais 

A intenção para votos brancos e nulos passou de 11% para 12%. Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder somaram 3 %, contra 6% na pesquisa Ibope anterior.

Nos votos totais, ou seja, levando-se em conta os brancos e nulos, Bolsonaro subiu quatro pontos desde a quarta-feira, de 32% para 36%, enquanto Haddad oscilou de 23% para 22%. Na simulação de segundo turno com votos totais, o candidato do PSL teria 45%, e o do PT, 41%. 

O Ibope fez a pesquisa entre os dias 5 e 6 de outubro em 3010 municípios em todo o Brasil, com 3010 entrevistados. A pesquisa foi contratada pelo jornal "O Estado de S. Paulo" e a TV Globo, e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01537/2018.

O intervalo de confiança estimado para a pesquisa é de 95%. De acordo com o Ibope, isso significa uma probabilidade de que 95% dos resultados equivalem a um retrato do atual "momento eleitoral".

Segundo turno

O Ibope também fez quatro simulações de segundo turno. Apenas Ciro supera o candidato do PSL, que fica em empate técnico com Haddad e Alckmin. Bolsonaro vence Marina. Veja os números:

Haddad x Bolsonaro

• Bolsonaro: 45%
• Haddad: 41%
• Brancos/nulos: 12%
• Não souberam/não quiseram responder: 3%

Ciro x Bolsonaro

• Ciro: 45%
• Bolsonaro: 41%
• Brancos/nulos: 11%
• Não souberam/não quiseram responder: 2%

Alckmin x Bolsonaro

• Bolsonaro: 43%
• Alckmin: 40%
• Brancos/nulos: 16%
• Não souberam/não quiseram responder: 3%

Bolsonaro x Marina

• Bolsonaro: 46%
• Marina: 36%
• Brancos/nulos: 15%
• Não souberam/não quiseram responder: 3%

Rejeição

O Ibope ainda mediu a rejeição aos candidatos, perguntando aos entrevistados em quem não votariam de jeito nenhum. Bolsonaro e Haddad, líderes na intenção de voto, também são os campeões de rejeição.

Bolsonaro aparece com 43% de rejeição, contra 36% de Haddad. A seguir, surgem Marina (22%), Alckmin (16%), Ciro Gomes (15%) e Henrique Meirelles (10%).

Como era possível escolher mais de uma opção, a soma dos percentuais ultrapassa os 100%.

Eleitor terá que votar em seis nomes; prepare a cola

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos