Aceitei convite porque Alckmin pode retomar sonho do Plano Real, diz Bacha

Marcelo Osakabe e Adriana Ferraz

São Paulo

  • Getty Images

O economista Edmar Bacha declarou nesta quinta-feira, 17, que aceitou o convite para participar da campanha do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) por acreditar que ele é o "único que pode unir o Brasil e retomar o sonho do Plano Real".

"Alckmin reúne três qualidades: não tem nem mais um tostão no bolso além do que tinha quando entrou na política, tem experiência e traz segurança", disse Bacha, que foi apresentado na equipe de Alckmin junto aos economistas José Roberto Mendonça de Barros e Alexandre Mendonça de Barros.

"A ideia do Plano Real era derrotar a inflação para abrir caminho para um crescimento sustentável. Hoje voltamos a crescer pouquinho, mas a ideia é reunir uma agenda para ter uma expansão mais vigorosa", acrescentou.

Responsável pela proposta para o comércio exterior do plano de governo, Bacha defendeu a abertura como forma de melhorar a produtividade da economia brasileira e disse que o objetivo é se espelhar no exemplo da agricultura, que tem alta competitividade no mundo. "Abertura é essencial, Brasil está totalmente alijado das cadeias produtivas mundiais", criticou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos