Prefeitos indígenas tomam posse em dois municípios do Amazonas

Especial para o UOL Notícias
Em Manaus (AM)

Tomaram posse nesta quinta-feira (1º) os primeiros prefeitos indígenas do Amazonas, Estado que possui a maior população indígena do Brasil. Pedro Garcia (PT), da etnia tariano, assumiu o Executivo municipal em São Gabriel da Cachoeira (a 858 quilômetros de Manaus). Messias Sateré (PMN), da etnia Sateré Mawé, assumiu a Prefeitura de Barreirinha (a 372 quilômetros de Manaus).

São Gabriel da Cachoeira tem aproximadamente 39 mil habitantes, dos quais, 72% (segundo o IBGE) são índios. Ele se situa na região conhecida como 'Cabeça do Cachorro', na fronteira entre Brasil, Colômbia e Venezuela. É o município com maior percentual de população indígena do país. Pedro Garcia se notabilizou no movimento indígena e foi eleito com 51% dos votos válidos.

Apesar de comparado ao presidente boliviano Evo Morales, que também é indígena, Pedro Garcia diz que esse tipo de paralelo não têm procedência. "Nossos objetivos são outros. Eu me notabilizei como líder indígena, mas agora sou prefeito e serei prefeito de todos", disse Pedro Garcia. Apesar da declaração, dos 12 secretários escolhidos por Garcia, sete são indígenas.

Barreirinha (a 372 quilômetros de Manaus) tem 26 mil habitantes e está localizado no baixo rio Amazonas. Em 2004, Messias Sateré também foi eleito, entretanto, não assumiu o cargo por conta de decisões judiciais. Em 2008, se elegeu conseguindo 33% dos votos válidos, em uma eleição apertada.

O Amazonas tem, segundo a Funai (Fundação Nacional do Índio), 164 mil indígenas. Isso equivale a 33% de toda a população indígena do Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos