No Fórum, manifestantes pedem que Lula decrete MP para garantir estabilidade do emprego

Da Agência Brasil
Em Belém (PA)

Pouco antes do início do encontro entre os presidentes Fernado Lugo (Paraguai), Evo Morales (Bolívia), Hugo Chávez (Venezuela) e Rafael Corrêa (Equador), manifestantes deram início a uma passeata contra as demissões. A manifestação saiu da Universidade Estadual do Pará (UEPA).

Organizado pelo PSTU, Conlutas, Intersindical e PSOL, o protesto pede que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decrete uma medida provisória para garantir a estabilidade dos empregos.

"Lula está dando milhões para os banqueiros e os empresários e até agora não garantiu a estabilidade do emprego. Só em dezembro, foram mais de 1 milhão de demissões", afirmou André Freire, da direção nacional do PSTU.

Os manifestantes seguem pela avenida Almirante Barroso até a praça do Operário onde ocorreu o encerramento da marcha de abertura do Fórum.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos