Lula defende contratações em mais de um turno contra desemprego

Yara Aquino
Da Agência Brasil
Em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta quinta-feira (5) a contratação de trabalhadores em mais de um turno de trabalho para incentivar a geração de empregos no país em meio às turbulências causadas pela crise econômica mundial.

DISCURSO EM ANO DE CRISE

  • Ricardo Stuckert/Presidência

    "Acho que será o começo de ano mais delicado, porque ainda não está totalmente definido o tamanho da crise", disse Lula no Tocantins



"Tenho pedido aos prefeitos, governadores e a meus ministros que todas as obras de infraestrutura que puderem sejam contratadas com dois turnos de trabalho. É importante", disse o presidente, após cerimônia de inauguração da Hidrelétrica São Salvador, no Tocantins.

Segundo Lula, o importante agora é dar prioridade à geração de empregos. "O que precisamos neste momento é priorizar a criação de empregos no Brasil, sobretudo na construção civil - seja obra de saneamento básico, hidrelétrica, sejam obras da Petrobras", afirmou.

O presidente disse que foi informado pelo ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, de que em obras de sua área já há empresas trabalhando em dois e três turnos e comentou: "Isso é gratificante, porque temos que fazer a travessia do primeiro trimestre e, se necessário, a do segundo, para que a economia comece se restabelecer no mundo e também no Brasil."

Para Lula, este será um começo de ano "delicado". "Acho que será o começo de ano mais delicado, porque ainda não está totalmente definido o tamanho da crise e também porque os países ricos ainda não tomaram as medidas que acho que têm que tomar para começar resolver o problema da crise".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos