Em programa de rádio, Lula diz que Brasil se transformará em grande produtor de pescado

Da Agência Brasil
Em Brasília (DF)

Ao comentar visita ao Estado de Pernambuco no programa semanal de rádio Café com o Presidente, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (16) que espera que o Brasil seja não apenas autossuficiente na produção de peixes, como um grande exportador da indústria de pescado. Em Recife, ele visitou, na semana passada, a primeira fazenda marítima brasileira.

"Em alguns anos, vamos nos transformar em um grande produtor de pescado. Hoje, o povo brasileiro come, em média, sete quilos de peixe per capita por ano. Outros países comem nove, dez, até 12 quilos. Precisamos pescar mais para incentivar o povo brasileiro a comer mais peixe e para que a gente possa fazer com que o Brasil tenha na sua balança comercial um saldo positivo, exportando pescado para o mundo desenvolvido."

Lula destacou que a expectativa é de que sejam produzidas 10 mil toneladas de peixes "genuinamente brasileiros" por meio de 48 tanques instalados na fazenda marítima de Recife. Segundo o presidente, o governo pretende ainda capacitar pescadores artesanais da região para a criação de espécies como o bijupirá.

"Fizemos um marco regulatório que esperou 15 anos e agora estamos tanto nos rios, nas represas e nas hidrelétricas quanto no mar, autorizando áreas para que as pessoas possam criar peixes. O benefício maior é o conhecimento científico e tecnológico do Brasil em uma área nova. Espero que outros exemplos aconteçam em outros Estados para que o Brasil possa se tornar um grande produtor de peixe."

Sobre sua visita ao Ceará, o presidente afirmou que mais de mil famílias estão assentadas na região e usufruindo da plantação de mamão, de girassol e também da produção de peixes. A renda mensal, segundo Lula, chega a quase R$ 800. "Você tem sempre alguma coisa para estar vendendo no mercado", disse ele.

"É um exemplo que queremos continuar incentivando no Brasil. É por meio dessas coisas que você leva para os pequenos produtores, nos lugares mais longínquos do Brasil, que você consegue ter o desenvolvimento e dar um salto de qualidade na vida das pessoas.

Transnordestina
Lula afirmou também que o início das obras da ferrovia Transnordestina representa "uma revolução" no Nordeste brasileiro. Ele lembrou que o projeto envolve vários Estados por meio da construção de 1.728 quilômetros de ferrovia.

"Por ali você vai transportar toda a produção da região, de um Estado para outro. Por trás da ferrovia, vê-se o desenvolvimento das cidades. Como queremos gerar emprego e distribuir renda, ficou acertado que vamos trabalhar o mais intensamente possível para entregar a rodovia. Gerar empregos e renda em uma região que precisa", afirmou Lula.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos