Governo cria guarda ambiental de 50 homens para cuidar de 80 milhões de hectares

Piero Locatelli
Do UOL Notícias
Em Brasília

O ministro da Justiça, Tarso Genro, e o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, formalizaram nesta segunda-feira (2) a criação de uma Companhia Especializada em Guarda Ambiental. Ela contará inicialmente com 50 membros para cuidar de todo o território nacional, combatendo o desmatamento e o extrativismo ilegal. A força será responsável por cuidar dos quase 80 milhões de hectares de parques federais no país.

Lula critica mortes durante ocupação do MST

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta segunda-feira (2) a morte de quatro pessoas durante uma ocupação do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) no último dia 21 em Pernambuco. "É inaceitável a desculpa de legítima defesa para matar quatro pessoas. É inaceitável. Portanto deverão ser apuradas as devidas responsabilidades", afirmou


A criação da guarda foi feita pelo presidente Lula em setembro de 2008. Porém, até agora ela não havia sido regulamentada.

Os 50 alunos são policiais e bombeiros da Força Nacional de Segurança Pública. Eles estão recebendo aulas de políticas públicas, ecologia, biologia, geografia geral e policiamento da fauna durante 30 dias.

A idéia dos ministérios é formar mais 350 guardas até o final do ano. Minc disse que o objetivo de ter até 2.000 pessoas cuidando dessas áreas será mantido. Ao efetivo, serão somados até mil agentes da Policia Federal. Segundo o ministro, um concurso deve ocorrer no segundo semestre deste ano.

Minc disse que deve haver um apoio maior da União aos Estados. O Ministério do Meio Ambiente deverá disponibilizar carros, GPS e helicópteros. Em contrapartida, os Estados deverão aumentar seus efetivos de proteção ambiental.

Uma das portarias assinadas hoje determina que quando a Força Nacional for requerida por órgãos federais não será mais necessário a autorização dos governos estaduais. Atualmente, era necessário o governador solicitar formalmente a presença da Força no seu Estado. Segundo o Ministério da Justiça, essa mudança visa tornar mais rápidas as operações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos