Concessão de aeroportos será definida pela Anac até julho, diz ministro da Defesa

Vladimir Platonow
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) vai definir até julho o modelo de licitação para a concessão dos aeroportos Antônio Carlos Jobim/Galeão, no Rio, Viracopos, em Campinas (SP), e um novo aeroporto projetado para São Paulo.

"A Anac está elaborando a formatação do edital para as licitações, com o auxílio de um técnico do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social]. A doutora Solage [Vieira, presidente da Anac] me informa que até junho ou julho terá a formatação final", informou o ministro da Defesa, Nelson Jobim, que participou nesta sexta-feira (6) de palestra na Escola de Comandoe Estado-Maior do Exército, na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro.

Jobim disse esperar dar início ao processo de concessão dos aeroportos assim que a Anac defina a formatação.

Sobre o impasse criado entre o governador do Rio, Sérgio Cabral, e a presidente da Anac, Solange Vieira, em torno da abertura do Aeroporto Santos Dumont para outras companhias explorarem rotas além da ponte aérea Rio-São Paulo, o ministro afirmou que a divergência é normal e faz parte do debate democrático.

Para Cabral, a expansão de vôos no Santos Dumont poderá provocar um esvaziamento do Galeão, que assim perderia apelo comercial em um processo licitatório. Ele disse que poderá não renovar a licença ambiental para operações no Santos Dumont, além de retirar subsídio tarifário ao querosene da aviação.

Questionado sobre a posição do governador, Jobim respondeu: "Eu sou amigo do Sérgio há muito tempo. Ele pode fazer o que vai fazer e eu vou fazer o que tenho de fazer. Quem vai resolver será o poder Judiciário".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos