Governo adota medidas para garantir segurança nos estádios

Da Agência Brasil
Em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina hoje (13), às 10h, no Palácio do Planalto, três medidas para aumentar a segurança nos estádios de futebol: um projeto de lei que criminaliza a violência de torcedores, um decreto que amplia as exigências técnicas para funcionamento dos estádios e um termo de cooperação técnica para monitorar o acesso de torcedores. As propostas visam à Copa do Mundo de 2014.

TSE mantém mandato do deputado Clodovil Hernandes

Clodovil trocou de partido, mas o TSE julgou que ele não merecia ser punido

O torcedor que praticar atos de violência ou portar objetos perigosos em eventos esportivos pode ser punido com um ou dois anos de prisão e multa. Se for réu primário, a pena pode ser convertida em banimento aos estádios por um período entre três meses e três anos. O projeto prevê ainda até dois anos de prisão e multa para os cambistas.

O governo também quer estabelecer um acordo com o Ministério Público, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para melhorar a segurança nos estádios, que inclui o Cadastro Nacional de Torcedores, a ser iniciado em junho.

À tarde, Lula viaja para os Estados Unidos, onde terá encontro amanhã (14), em Washington, com o presidente Barack Obama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos