Candidato ao "3º turno" de Londrina, pedetista critica impugnação de Belinati

Marcos Cesar Gouvea
Especial para o UOL Notícias
Em Londrina (PR)

Candidato a prefeito de Londrina (PR), terceira maior cidade da região Sul do Brasil e que teve as eleições remarcadas para este domingo (29), o pedetista Homero Barbosa Neto disse ao UOL Notícias estar convicto da vitória no "terceiro turno", mas afirmou que Antonio Belinati (PP) é o "legítimo" vencedor das eleições na cidade.

O pepista, candidato mais votado na eleição de outubro, teve sua candidatura impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e declarou apoio ao pedetista contra Luiz Carlos Hauly (PSDB).

UOL Notícias - Durante os debates e horário na TV e rádio, o senhor tem dito que está na frente nas pesquisas. O que lhe dá essa segurança?

Homero Barbosa Neto
- Os números divulgados pelo Ibope, que é um instituto acima de qualquer suspeita, nos dão 14 pontos à frente. Você deve ter acompanhado pela imprensa. Ou não?

UOL Notícias - É uma pesquisa antiga embargada pela Justiça Eleitoral.

Barbosa Neto
- A RPC, no seu jornal matinal, divulgou a pesquisa com 14 pontos. Mas acho isso irrelevante. O importante é a eleição de domingo. A pesquisa é uma fotografia do momento. Eu gosto sempre de lembrar Tancredo Neves, que dizia desconfiar de todas as pesquisas, principalmente as que davam a ele a dianteira.

MAIS SOBRE LONDRINA (PR)

  • Reprodução

    Habitantes: 497.833 (em 2007)
    Eleitores: 328.340
    Candidatos no "3º turno":
    Luiz Carlos Hauly (PSDB) e Homero Barbosa Neto (PDT)

UOL Notícias - Como está o clima de campanha?

Barbosa Neto
- O clima está ótimo, extremamente favorável. Eu tenho plena convicção de que nós, com toda a humildade, vamos chegar à vitória domingo. Está muito receptivo, um clima festivo, vitorioso.

UOL Notícias - O que mudou com a declaração de apoio e voto feita por Antonio Belinati ao senhor?

Barbosa Neto
- Ele talvez seja o maior líder popular que Londrina já teve. Inegavelmente a força política de Belinati é muito grande é foi muito importante para consolidação da nossa candidatura.

UOL Notícias - Quando o senhor declarou apoio a ele no segundo turno, perguntamos se o senhor seria o "plano B" dele por conta da pendência jurídica que acabou custando-lhe a vitória. O senhor disse que era problema da Justiça Eleitoral. Hoje o senhor teme algo nessa pendência jurídica que ainda está aí?

Barbosa Neto
- Nós obviamente respeitamos as decisões que vêm da Justiça. Agora, eu estou muito tranquilo porque eu estou na repescagem. Quem ganhou a eleição foi o Belinati e é legítimo que ele assuma.

UOL Notícias - Há um grande número de indecisos em Londrina e a eleição é neste domingo. Como o senhor vê isso e o que diria aos indecisos?

Barbosa Neto
- Que nós somos a melhor opção. Não pessoalmente, mas pelos apoios que temos. Nós temos apoio de sete ministros. Cada programa nosso têm o apoio do Governo Federal que é a grande fonte de recursos, principalmente para um município como o nosso, que está situação financeira bastante complicada. E mais do que isso até, eu entendo que se nós compararmos os dois candidatos no momento em que o país vive, pelo histórico que a gente tem... Claro, vou dizer que a melhor opção sou eu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos