Com mudanças na cota de passagens aéreas, Câmara vai gastar menos, diz deputado

Ivan Richard
Da Agência Brasil
Em Brasília

O 3º secretário da Câmara, Odair Cunha (PT-MG), afirmou hoje (22) que as mudança nas normas para uso da cota de passagens aéreas dos parlamentares devem reduzir os gastos da Casa.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), anunciou que, a partir de agora, o uso de passagens aéreas estava restrito apenas a parlamentares e somente em viagens no território brasileiro.

A decisão foi tomada por causa das recentes denúncias de que parlamentares vinham usando bilhetes da cota pessoal para dar passagens a parentes e outros.

"Obviamente, teremos menos viagens. A Câmara pagará menos e, com certeza, haverá uma sobra maior da cota", disse o deputado, que é responsável pelo controle do uso das passagens aéreas.

Cunha assinalou ainda que os deputados não poderão usar mais as sobras das cotas para viagens, que ficarão com a Câmara. Acrescentou também que será feito um estudo para disciplinar o uso da cota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos