Senador protocola requerimento de CPI sobre irregularidades na Petrobras

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

O vice-líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), protocolou o requerimento que propõe a instalação de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar as irregularidades na Petrobras. O senador tucano consegui 32 assinaturas, o mínimo suficiente para a instalação da comissão.

De acordo com o senador, o objeto da CPI é preciso: apurar irregularidades constatadas em operações da Polícia Federal (Castelo de Areia e Águas Profundas) e supostos repasses ilegais de royalties às prefeituras, além de denúncias de sonegação fiscal.


"Os indícios de corrupção são graves demais. Nossa omissão seria cumplicidade diante da gravidade do caso", afirmou o parlamentar. A CPI contará com onze membros titulares e sete suplentes e terá prazo de 180 dias para desenvolver seus trabalhos.

Na justificação de sua proposta, Álvaro Dias argumenta que os negócios da Petrobras com plataformas e refinarias envolvem cifras bilionárias e têm sido alvo de sucessivas denúncias de irregularidades por parte de órgãos de controle.

Segundo ele, também há suspeitas de irregularidades em pagamentos realizados a usineiros no valor de R$ 178 milhões, mediante acordos e indenizações.

(*Com informações da Agência Senado e Agência Brasil)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos