Arthur Virgílio diz que Lula é "refém do PMDB porque quer"

Priscilla Mazenotti
Da Agência Brasil
Em Brasília

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), disse nesta sexta-feira (3) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva é "refém" do PMDB nas votações na Casa porque quer. E acusou o presidente de precisar de "muletas" para governar e fazer política de barganha de votos na Casa. Segundo ele, em 90% das votações, o PSDB vota com o governo.

O senador acusou Lula de ter uma "visão caolha" de governabilidade, ao defender a permanência do senador José Sarney (PMDB-AP) na presidência da Casa. "O presidente Lula tem uma visão caolha da governabilidade. O problema é que ele acha que precisa sempre dar algo em troca de apoio. Mas voto é de graça. Ele se sente refém porque quer. Ele precisa parar de xingar a gente e aprender a conversar", afirmou.

A assessoria da Presidência da República disse que não vai comentar as declarações do parlamentar.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos