Mercadante aguarda resposta da Fundação Sarney para avaliar "desdobramentos políticos" de denúncia

Claudia Andrade
Do UOL Notícias
Em Brasília

O líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), afirmou nesta quinta-feira (9) que aguarda uma explicação da Fundação Sarney sobre a nova denúncia de desvio de verba da Petrobras para avaliar os "desdobramentos políticos" para o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Segundo matéria publicada pelo jornal "O Estado de S.Paulo", a fundação teria desviado verba da estatal, que deveria ser empregada em projetos culturais, para empresas fantasmas. O senador petista considera "precipitada" qualquer avaliação antes que a fundação se pronuncie sobre o assunto.

Na avaliação de Mercadante, a denúncia não atinge a Petrobras "no sentido de que a prestação de contas não é feita a ela". Por se tratar de recursos da lei Rouanet, de incentivo à cultura, a prestação de contas deve ser feita ao Ministério da Cultura. "Agora, a execução das atividades, a Petrobras certamente deve ter acompanhado", completou.

Questionado sobre a situação política de Sarney, o petista disse que "primeiro vamos avaliar as responsabilidades e aguardar posicionamento do ministério e da fundação".

Sobre a instalação da CPI da Petrobras, uma cobrança da oposição, Mercadante afastou qualquer relação da denúncia com o tema da comissão.

O líder do PT disse, contudo, que é preciso apurar possíveis irregularidades no uso do dinheiro pela Fundação Sarney. "Isso tem que ser apurado com rigor, se houve desvio de recursos, os responsáveis tem que ser identificados".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos