Senadores rejeitam proposta de enquadrar invasão de terras como crime hediondo

Marcos Chagas
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Comissão de Agricultura do Senado rejeitou nesta manhã a proposta de enquadrar como crime hediondo as invasões de propriedades rurais a fim de pressionar o governo a promover a reforma agrária. O texto foi resultado dos trabalhos da comissão parlamentar mista de inquéritos (CPMI) que investigou as invasões de terras no país.

O entendimento do relator Delcídio Amaral (PT-MT) é de que "a matéria busca tornar crime as ações de participantes de um movimento social". O entendimento dos senadores da comissão é de que a legislação brasileira já prevê punições para essas ações políticas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos