CPI da Pedofilia vai ouvir DJ acusado de abusar sexualmente de menina de 4 anos

Luciana Lima
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia do Senado quer ouvir o depoimento de Luiz Fernando da Matta, o DJ Malboro, acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de quatro anos.

Hoje (15), a CPI ouviu o depoimento dos pais da menina que contaram, em detalhes, os indícios que levaram a família a denunciar o DJ e sua ex-namorada, a assessora de imprensa, Junia Fonseca Duarte, à Polícia do Rio de Janeiro.

O DJ já chegou a prestar depoimentos à polícia na fase de inquérito e o processo corre, atualmente, na Justiça do Rio de Janeiro, em sigilo. Também na fase de inquérito, a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do DJ, onde foram apreendidos computadores, máquinas fotográficas, um cofre e celulares.

"A infância da minha filha foi perdida. Hoje, ela não quer mais nem festa de aniversário", disse o pai ao depor na CPI. A mãe da menina afirmou que a família já tentou de tudo para minimizar os traumas sofridos pela criança. "Tentamos dar todo o conforto, mas não há nada que o dinheiro possa pagar, que devolva a alegria à minha filha", disse a mãe da menina, que hoje está com cinco anos. A família mora em Minas Gerais.

O presidente da CPI, senador Magno Malta, marcou o depoimento do DJ Marlboro e de Júnia para a primeira semana de agosto. O senador também convocou os dois delegados que cuidaram do caso, tanto em Minas Gerais, quanto no Rio de Janeiro, para prestarem depoimento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos