Arthur Virgílio defende que PSDB apresente quatro representações contra Sarney

Marcos Chagas
Da Agência Brasil
Em Brasília

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), defende que o partido encaminhe ao Conselho de Ética quatro representações, em vez de uma, contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). Em nota, o parlamentar argumenta que quatro representações evitaria que o presidente do conselho, Paulo Duque (PMDB-RJ), considerado aliado de Sarney, arquivasse "numa só canetada" a possibilidade de investigação do presidente por quebra de decoro parlamentar.

O senador tucano acrescentou que caso o Democratas (DEM) não recorra também ao Colegiado, caberá ao partido relatar uma das quatro representações do PSDB.

A representação (ou representações) será apresentada no fim da tarde de hoje (28) ao Conselho de Ética, de acordo com o presidente do partido, Sérgio Guerra (PE). Mais cedo, o parlamentar disse à Agência Brasil que "quem arquiva uma [representação] arquiva quatro". A assessoria jurídica do PSDB ainda avalia esta questão.

A primeira denúncia apresentada por Virgílio pede a investigação de José Sarney por suposta responsabilidade indireta no escândalo dos atos secretos do Senado por Sarney. Segundo o líder, Sarney foi o responsável pela indicação de Agaciel Maia, investigado por uma série de irregularidades administrativas enquanto ocupou a Diretoria-Geral do Senado.

Outra denúncia, que será assumida agora pelo PSDB, acusa o presidente do Senado de envolvimento direto no desvio de recursos de patrocínio da Petrobras, liberados para a Fundação José Sarney.

O último pedido de investigação ao Conselho de Ética, encaminhado por Arthur Virgílio, responsabiliza José Sarney diretamente na elaboração e assinatura de atos secretos. O parlamentar toma como base a divulgação das gravações telefônicas - feitas com autorização judicial pela Polícia Federal - em que aparece Sarney numa conversa com o filho, o empresário Fernando Sarney, tratando de um emprego para o namorado de uma das netas do presidente.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos