DEM apresenta requerimentos na Câmara para ouvir a ministra Dilma Rousseff

Claudia Andrade
Do UOL Notícias
Em Brasília

O líder do DEM na Câmara, deputado Ronaldo Caiado (GO), apresentou nesta terça-feira (18), em plenário, requerimento para que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) seja convocada para prestar esclarecimentos sobre "suposta interferência em assuntos referentes à Receita Federal". O requerimento sugere que a ministra compareça à Câmara no dia 26 de agosto. A proposta ainda precisa ser colocada em votação.

O DEM também agiu na Comissão de Finanças e Tributação. O deputado Guilherme Campos (SP) apresentou três requerimentos envolvendo a divergência de versões sobre suposto encontro entre Dilma Rousseff e a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira. Um dos requerimentos solicita a convocação de Dilma, o outro solicita o comparecimento de Lina Vieira, e o terceiro, pede a presença da chefe de gabinete do secretário da Receita Federal, Iraneth Dias Weiler. Da mesma forma, os pedidos precisam ser votados pelos integrantes da comissão para que os convites possam ser feitos.

O detalhe é que o termo "convocação" é encontrado apenas no requerimento que trata da ministra-chefe da Casa Civil. Nos demais, o deputado Campos fala em convite.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Iraneth Dias Weiler confirmou que Lina Vieira encontrou-se com Dilma Rousseff.

Nesta terça-feira, a ex-secretária da Receita Federal prestou esclarecimentos na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e também reafirmou que o encontro ocorreu. Mas não apresentou provas nem soube informar o dia e a hora em que a reunião teria acontecido.

A ex-secretária disse que a ministra Dilma pediu "agilidade" na investigação de empresas ligadas à família Sarney, embora não tenha se sentido "pressionada" pelo pedido. Tanto que não deu retorno à ministra. "Também não fui cobrada sobre isso", afirmou.

Suposta interferência do governo
Na justificativa para o pedido de convocação, o deputado Caiado diz que "se confirmadas as declarações já prestadas pela senhora Lina Vieira, serão desmascarados instrumentos utilizados pela cúpula do governo para a consecução de seus objetivos políticos a qualquer custo."

"Se há uma investigação sobre negócios particulares do senador José Sarney, a administração pública, por suas próprias atribuições, deveria trabalhar, incessantemente, dia e noite, para permitir que a Receita Federal esclarecesse as irregularidades perpetradas por quaisquer dos envolvidos", diz o texto.

O líder do DEM acrescenta em seu requerimento que "se de fato o govenro federal age de forma acintosa no mascaramento de irregularidades de aliados políticos, estará demonstrada uma cadeia de ações ilegais e imorais".

Imagens da Casa Civil
Nesta terça, outro requerimento de Caiado, solicitando imagens do circuito interno de TV da Casa Civil, foi despachado pelo vice-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS).

O parecer de Maia foi favorável ao pedido de informação, segundo assessores do petista. O requerimento deve ser encaminhado à Casa Civil nesta quarta-feira, pela Secretaria Geral da Câmara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos