Oposição anuncia obstrução contra urgência na votação do pré-sal; relatores podem ser definidos ainda nesta terça

Do UOL Notícias*
Em Brasília

O vice-líder do DEM na Câmara, deputado Jorginho Maluly (SP), afirmou que seu partido e o PSDB vão obstruir todas as votações na Casa contra a tramitação em regime de urgência dos projetos relacionados ao pré-sal.

"Nosso partido entende que o pré-sal é uma questão muito delicada, que vai interferir em muitos governos, e não pode tramitar em regime de urgência. Vamos ficar em obstrução até que essa posição seja revista", afirmou, durante a reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara.

O Executivo encaminhou ao Congresso nesta segunda-feira quatro projetos relacionados ao pré-sal, todos com pedido de urgência, o que estabelece um prazo de 90 dias para que as matérias sejam votadas na Câmara e no Senado. A oposição defende mais debate sobre o assunto.

A definição dos relatores dos projetos na Câmara poderá ocorrer ainda nesta terça. O presidente da Casa, deputado Michel Temer (PMDB-SP), esteve no Rio de Janeiro para acompanhar o velório do ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Alberto Menezes Direito. Mas deve voltar a Brasília ainda nesta tarde.

Temer deverá avaliar por quantas comissões da Câmara os projetos devem ser analisados e há a possibilidade de criação de comissões especiais para as matérias. Segundo o regimento da Casa, se uma proposta tiver de passar por mais de três comissões de mérito, uma comissão especial deve ser criada para analisá-la.

Os cargos de relatoria devem ser divididos entre PMDB e PT. A oposição pode ficar com alguma presidência de comissão especial.

* Com informações da Agência Câmara

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos