Defesa prolonga prazo para apresentação de propostas de caças

Do UOL Notícias
Em Brasília

O Comando da Aeronáutica informou nesta segunda-feira (21) que o prazo para apresentação das propostas de venda de caças ao Brasil foi estendido até o próximo dia 2 de outubro. Inicialmente, as três empresas que ainda estão na concorrência teriam até hoje para entregar suas propostas finais.

Estão na disputa do Projeto F-X2 o Rafale, da francesa Dassault, o F-18, da norte-americana Boeing, e o Gripen, da sueca Saab. O Brasil deverá comprar 36 caças para renovar a Força Aérea.

Na última semana, o vice-ministro de Defesa da Suécia, Hakan Jevrell, afirmou que a proposta a ser apresentada permitiria que o Brasil adquirisse mais de um avião Gripen, se comparados os preços da empresa sueca com o das concorrentes.

O governo brasileiro já assumiu a preferência pelo francês Rafale, em comunicado divulgado no dia 7 de setembro, quando o presidente francês, Nicolas Sarkozy, esteve no Brasil.

O principal ponto a ser analisado nas propostas, de acordo com governo, é a transferência de tecnologia, o que deixaria a França em vantagem. Contudo, os fatores preço e condições de financiamento também pesariam na decisão.

Ao falar sobre a proposta da Saab, o vice-ministro de Defesa afirmou que há comprometimento com a transferência de tecnologia. Apesar disso, o motor do Gripen é norte-americano, o que lançaria dúvidas sobre como a transferência ocorreria na prática.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos