Desde 2004, União já recuperou R$ 871 milhões em recursos desviados, aponta relatório da AGU

Elaine Patricia Cruz
Da Agência Brasil
Em Fortaleza

Um relatório elaborado pela Advocacia-Geral da União (AGU) e apresentado hoje (4) durante o 4º Congresso Nacional dos Delegados de Polícia Federal, em Fortaleza, mostrou que a União recuperou, entre o ano de 2004 até o dia 21 de agosto deste ano, mais de R$ 871,3 milhões que foram desviados dos cofres públicos.

Só neste ano, a União já recuperou mais de R$ 171 milhões. No ano passado, quando estava sendo articulada a criação da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro pela AGU - instituída em março deste ano -, mais de R$ 357 milhões voltaram aos cofres públicos.

Segundo os números, 1.769 ações foram ajuizadas entre janeiro e agosto deste ano, pedindo a recuperação de cerca de R$ 441 milhões desviados. A maior parte dessas ações - um total de 1.022 - foi executada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O Maranhão é o Estado que teve mais condenações impostas pelo TCU (com 157 ações de execução), seguido por São Paulo (com 105 execuções) e Minas Gerais (81).

"Temos verificado que grande parte das ações é das regiões Norte e Nordeste, Estados onde os casos de corrupção, segundo os relatórios da CGU [Controladoria Geral da União] e do TCU, são maiores", afirmou o advogado da União André Luiz de Almeida Mendonça.

Dessas ações executadas pelo TCU, 17,22% se referem a desvios praticados por ex-prefeitos e 12,82% pelos atuais administradores municipais. Segundo Mendonça, isso indicaria uma "pulverização no desvio do dinheiro público quando ele sai da União". Na lista também aparecem 36 servidores e ex-servidores públicos, 33 empresas, 26 diretores de entidades ou órgãos públicos e 17 secretários ou ex-secretários municipais ou estaduais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos