Acordo sobre clima dependerá da presença de líderes em Copenhague, diz Lula

Paula Laboissière
Da Agência Brasil
Em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (9) que está otimista em relação à possibilidade de um bom acordo sobre o clima durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, em dezembro, em Copenhague (Dinamarca). Ele destacou, entretanto, que tudo vai depender da presença de líderes mundiais no encontro.

Em seu programa semanal Café com o Presidente, Lula voltou a acusar os países ricos de terem "maior responsabilidade" em assuntos climáticos, uma vez que vivenciam um processo de industrialização mais longo.

"Esses países emitiram muito mais gás de efeito estufa do que os países que estão se desenvolvendo no século 20 e no século 21. Portanto, é importante que os compromissos sejam de todos, mas que sejam proporcionais à responsabilidade de cada país", disse.

Ao comentar sua visita à Inglaterra na semana passada, ele ressaltou que o principal assunto debatido com a rainha Elizabeth e com o primeiro-minisro Gordon Brown foi a conferência de Copenhague. Segundo o presidente, propostas brasileiras para a redução da emissão de gás carbônico e do desmatamento na Amazônia, entre outros, foram citados durante a reunião.

Lula afirmou que deve entrar em contato ainda nesta semana com os presidentes Barack Obama, dos Estados Unidos, e Hu Jintao, da China, na tentativa de debater uma proposta conjunta a ser levada para a conferência.

Ainda hoje (9), o presidente coordena reunião do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas. A posição brasileira em Copenhage está na pauta de discussões. No último dia 3, o governo adiou para o próximo sábado (14) a definição da proposta , que inclui medidas em setores como agricultura e siderurgia. Até o momento, a única proposta consensual é a de redução de 80% do desmatamento da Amazônia até 2020.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos