Juca Ferreira chama de factoide polêmica sobre cartilha produzida pelo ministério da Cultura

Flávia Villela
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, chamou de factoide a polêmica gerada em torno de um folder produzido pelo Ministério da Cultura que supostamente pediria voto para os cerca de 250 deputados da Frente Parlamentar da Cultura, que apoia projetos ligados à cultura.

"Este folheto é da Câmara de Deputados para o Dia Nacional da Cultura, numa sessão solene, para estimular os deputados a votarem na pauta da cultura que tem projetos de lei oriundos do ministério, da própria Câmara e da sociedade por meio de abaixo assinado, como o Super Simples."

Para Juca Ferreira, a oposição não quer votar o projeto de lei do Vale-Cultura, que, segundo ele, vai beneficiar 12 milhões de pessoas, e está incomodada com a alta popularidade da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, como candidata à Presidência da República no ano que vem. "O dissenso é estratégico para a democracia do país, mas o consenso também, e beneficia a cultura brasileira. Não precisa fazer alarde. Não quer votar, não vota."

O ministro garantiu que a publicação foi feita pelo Ministério da Cultura de forma legítima. "A Câmara não teria tempo de publicar o material e a Frente Parlamentar nos pediu que o publicasse. Tenho o ofício disso. Não há nada de ilegal ou ilegítimo nisso."

Juca Ferreira negou que o material seja eleitoreiro ou partidário, já que a Frente Parlamentar da Cultura é suprapartidária e conta com deputados da oposição e da situação. "Um deles é o Rodrigo Maia [do DEM], vocês acham que eu faria campanha para Rodrigo Maia?", perguntou o ministro.

Ele acusou a imprensa de ser irresponsável ao publicar matérias sem investigar. As declarações foram feitas nesta manhã, durante o lançamento do Programa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o Desenvolvimento da Economia da Cultura, na sede do banco, no centro do Rio de Janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos