Imagens de vídeo com Arruda são de 2005 e dinheiro ia para obras sociais, diz corregedor

Da Agência Brasil

O corregedor do Distrito Federal, Roberto Giffoni, afirmou na noite deste sábado (28) que as imagens divulgadas pela imprensa que comprovariam o suposto esquema de divisão de dinheiro entre integrantes do alto escalão do governo são "velhas" - de 2005 - e foram usados pelo ex-secretário de Relações Institucionais de Brasília, Durval Barbosa, para obter "ganhos futuros".

No vídeo, o governador José Roberto Arruda recebe um maço de dinheiro. De acordo com Giffoni, esses recursos foram destinados a ações sociais. Para o corregedor, Barbosa tentou induzir os interlocutores em gravações. "O objetivo dele era desviar o foco dos processos dos 32 processos contra ele que estão na Justiça", disse.


Giffoni afirmou que Arruda não pensa em renúncia ou afastamento do governo. A ideia é a cada situação apontada na investigação apresentar o "contraditório".

Barbosa decidiu ajudar nas investigações da Polícia Federal sobre o GDF em troca de eventual redução de pena. Ele aceitou que escutas fossem instaladas em suas roupas e, com isso, gravou conversas em que há negociação de divisão de dinheiro. O ex-secretário foi incluído no Programa de Proteção a Testemunhas da Polícia Federal.

Delegado da Polícia Civil aposentado, Barbosa integrou o governo de Joaquim Roriz (PSC), durante o qual chegou a presidir a Companhia de Desenvolvimento do Planalto Central (Codeplan), alvo de numerosas denúncias de irregularidades, como a contratação indevida de empresas terceirizadas. Por ter colaborado na campanha eleitoral de Arruda, em 2006, foi nomeado secretário de governo.

A Operação Pandora da Polícia Federal (PF) foi divulgada ontem (27) e tem o objetivo de reprimir supostas fraudes em licitações e esquema de divisão de recursos para integrantes do alto escalão do governo do DF e deputados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos