Minc rebate críticas de Requião e diz que vai "continuar dançando em cima de caminhão"

Do UOL Notícias
Em Brasília

O ministro Carlos Minc (Meio Ambiente) rebateu as críticas feitas a ele pelo governador do Paraná, Roberto Requião, em entrevista exclusiva ao UOL Notícias publicada nesta quarta-feira (2).

Requião se lança candidato, mas fala em apoiar Dilma


Requião disse que Minc "não se comporta como um ministro" por ter criticado o governador em cima de um caminhão durante uma parada GLBT realizada no Rio de Janeiro em 1º de novembro deste ano.

"Vou continuar dançando em cima de caminhão em todas as manifestações libertárias contra todos os preconceitos, inclusive os expressos pelos governantes", afirmou o ministro através de sua assessoria.

Na ocasião, Minc criticou uma declaração feita por Requião no último dia 27 de outubro. Ao comentar sobre as campanhas contra câncer de mama, Requião disse: "A ação do governo não é só em defesa do interesse público, é da saúde da mulher. Embora hoje câncer de mama seja uma doença masculina também, né? Deve ser consequência dessas paradas gay".

Serrarias ilegais
Requião também criticou a participação do ministro em uma blitz da Polícia Federal e da guarda ambiental realizada em Curitiba durante a semana anterior à entrevista.

"Ele [Minc] foi lá, subiu em cima de uma pilha de pinheiros plantados, tirando fotografias. É um ministro espetáculo. Ele devia trabalhar mais e incomodar menos", disse Requião.

O governador levantou a suspeita de que as serrarias não eram clandestinas e estariam cortando "madeira plantada". Abaixo, a declaração do ministro, na íntegra, sobre o ocorrido:

"Era mata primária sim, de araucária. A polícia constatou o crime ambiental e houve várias prisões. 45 agentes do Ibama participaram da operação que foi a segunda maior do Paraná este ano. A primeira foi a 'Angus Folia', em que também houve várias prisões. Essas foram as maiores ações nos últimos dez anos contra o corte de araucária no Paraná."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos