Câmara do DF adia definição dos deputados que vão analisar os pedidos de impeachment de Arruda

Alex Rodrigues
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Câmara Legislativa do Distrito Federal adiou para amanhã (15) a definição dos deputados distritais que irão integrar a comissão especial que vai analisar os pedidos de impeachment do governador José Roberto Arruda (DEM).

Durante a sessão extraordinária realizada esta tarde, o presidente em exercício da Casa, deputado Cabo Patrício (PT) justificou o adiamento alegando que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), deputado Rogério Ulysses (PSB), pediu mais tempo para que os parlamentares possam apreciar dois novos estudos técnicos sobre o tema antes de definirem o trâmite processual.

Segundo a líder do DEM na Câmara, a deputada Eliana Pedrosa, os documentos indicarão se os pedidos de impeachment devem ser analisados pela comissão especial ou pela CCJ. Os documentos são um parecer da Procuradoria e outro da assessoria técnica da Câmara Legislativa.

"Estamos discutindo todas as hipóteses, procurando o consenso, e amanhã sairemos com uma solução que atenda a maior parte dos deputados", disse Eliana. "Neste momento, ninguém quer uma coisa célere e açodada. As pessoas querem uma resposta a altura da crise, que é séria e tem que ser tratada com muita responsabilidade", alegou a deputada, defendendo a legalidade da CCJ.

Há um dia do fim do prazo para que os partidos indiquem os nomes para compor a comissão parlamentar de inquérito (CPI), Eliana alegou que isso ainda não foi tratado pelos líderes partidários, que se reuniram esta tarde para tentar chegar a um consenso sobre a melhor instância para apurar os fatos.

"Não discutimos isso hoje. Hoje foi apenas Comissão Especial ou CCJ. Estamos tratando de um assunto de cada vez e da pauta de votações que não pode ser interrompida", disse a deputada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos