Presidente da Câmara Legislativa do DF libera galeria para manifestantes

Claudia Andrade
Do UOL Notícias
Em Brasília

Uma semana depois de desocupar o plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal, os manifestantes que defendem o impeachment do governador José Roberto Arruda (sem partido) puderam acompanhar a sessão legislativa desta terça-feira (15).

O presidente interino da Casa, Cabo Patrício (PT), liberou a galeria para os manifestantes, advertindo que não havia condições de garantir a segurança no local. "Qualquer incidente, as pessoas [manifestantes] serão responsabilizadas".

Os manifestantes entraram na galeria gritando "recesso é lobby", em uma referência à possibilidade de a Câmara Legislativa encerrar os trabalhos do ano, o que esfriaria a tramitação dos processos de impeachment contra Arruda.

Eles também mostraram meias para os parlamentares, em uma sátira às imagens divulgadas pela imprensa que mostram o presidente licenciado Leonardo Prudente (DEM) colocando dinheiro nas meias.

Os deputados já fizeram duas reuniões na sessão desta terça para tentar definir a pauta de votação. Para que a Casa entre em recesso é preciso que o orçamento seja aprovado.

Antes do início da sessão, o governador Arruda reuniu na residência oficial sua base aliada, deputados do PMDB e o vice-governador Paulo Octávio. Os poucos que falaram sobre o encontro negaram a discussão de qualquer pauta política.

"A gente tentou evitar esse assuntos (impeachment). Seria misturar os dois poderes", disse a deputada Eliana Pedroso (DEM). Ela afirmou, contudo, que a votação do orçamento foi mencionada. "Ele falou da importância de se votar ainda este ano, no que eu concordo".

Rôney Nemer (PMDB), que é citado nas denúncias, afirmou ter participado do almoço, mas não deu detalhes sobre a conversa com o governador. Fez apenas uma ressalva: "Eu disse que precisaria sair porque queria fazer a barba antes de vir para a Câmara".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos