Comissão do Senado pede indiciamento de ex-diretores por abuso de poder

Priscilla Mazenotti
Da Agência Brasil
Em Brasília

A Comissão Disciplinar do Senado, criada para investigar os chamados atos secretos, determinou o indiciamento do ex-diretor geral da Casa Agaciel Maia e do ex-diretor de Recursos Humanos João Carlos Zoghbi.

Segundo nota da Comunicação do Senado, "houve claro abuso de poder e deliberada ação e omissão delituosa por parte dos titulares daqueles órgãos, srs. Agaciel da Silva Maia e João Carlos Zoghbi, que extrapolaram as atribuições de seus cargos".

Outras cinco pessoas também serão indiciadas: Celso Antonio Martins Menezes; Ana Lucia Gomes de Melo; Jarbas Mamede; Washington Luiz Reis de Oliveira e Franklin Albuquerque Paes Landim.

Os indiciados terão 20 dias para apresentar defesa escrita. Por causa dos indiciamentos, os trabalhos da comissão, que se encerrariam no início de janeiro, serão prorrogados por mais 60 dias.

Os atos secretos foram usados para a contratação de pessoal - inclusive ligadas à senadores - sem a devida publicação legal. Os atos também continham aumento de salários, benefícios e reversão de demissões, entre outras medidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos