Sem falar em crise, Arruda reúne secretários e promete manter IPTU

Keila Santana
Especial para o UOL Notícias
Em Brasília

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, fez hoje (5) a primeira reunião do ano para organizar as metas de 2010 sem tocar na crise que atinge a gestão dele com as acusações de comandar o suposto mensalão aos aliados em Brasília.

O governador, que faz aniversário hoje, reuniu os secretários e divulgou uma nota oficial para dizer que todas as contas de 2009 foram quitadas até 31 de dezembro, iniciando 2010 sem pendências nas faturas do governo distrital.

Para negar a paralisia do governo durante a crise, o governador Arruda disse que vai cumprir neste ano todo o calendário de inauguração previsto das 2.034 obras em andamento no Distrito Federal, apesar da troca de vários secretários envolvidos com denúncias de recebimento de propina. Entre as medidas populares anunciadas por Arruda está a promessa de não alterar os valores do IPTU e do IPVA para 2010.

O governador também apresentou aos secretários um relatório que foi levado ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira. O documento detalha o cronograma das obras da Copa do Mundo de 2014 em Brasília.

"Estamos bem adiantados em relação ao nosso cronograma e certos de cumprir todos os nossos encargos nos prazos estabelecidos. Além disso, estamos desenvolvendo ações paralelas de apoio ao evento, tanto no que diz respeito à melhoria da infraestrutura urbana, como no que concerne às praças esportivas", diz a nota do governador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos