Governo do DF envia levantamento sobre contratos de informática ao STJ

Carolina Pimentel
Da Agência Brasil
Em Brasília

Dois servidores da Secretaria de Fazenda do Distrito Federal entregaram hoje (6) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) levantamento sobre o pagamento de contratos de informática feitos pelo governo local entre 2000 e 2009. Os documentos, distribuídos em dois volumes, somam mais de mil páginas, de acordo com o STJ, que pediu o envio do material para apurar o suposto esquema de corrupção envolvendo o governador José Roberto Arruda (sem partido).

No último dia 18, o STJ determinou que a secretaria encaminhasse as planilhas referentes ao período de 2007 a 2009 com ordens bancárias, datas de pagamento e as contas bancárias dos beneficiados.

O governo do DF decidiu, no entanto, enviar os dados a partir de 2000, englobando governos anteriores ao de Arruda. No caso os mandatos de Joaquim Roriz e de Maria de Lourdes Abadia, então vice-governadora, que assumiu o cargo em 2006, quando o ex-governador saiu para concorrer a senador, cargo do qual renunciou para evitar uma possível cassação por suspeita de envolvimento em irregularidades,

O material protocolado segue para o gabinete do ministro que cuida do caso, Fernando Gonçalves, que está de férias e retorna ao trabalho no dia 1º de fevereiro, quando o Judiciário inicia os trabalhos de 2010.

A requisição dos documentos faz parte da investigação do STJ sobre as denúncias de distribuição de recursos ilegais do governo local a deputados distritais em troca de apoio político. De acordo com a Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, a partir de informações do ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal Durval Barbosa, o dinheiro viria de empresas que prestam serviço ao governo local. Arruda é apontado como líder do suposto esquema e foi acusado de receber R$ 3 milhões de propina relativa a contratos com empresas de informática.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos