Base de Arruda consegue primeira vitória em CPI

Keila Santana
Especial para o UOL Notícias
Em Brasília

Antes do início da votação dos requerimentos de convocação para depoimentos na CPI da Corrupção da Câmara Legislativa do Distrito Federal, o PT sofreu sua a primeira derrota. A bancada apresentou nesta quinta-feira um requerimento para mudar o nome oficial da comissão para CPI da Corrupção, em vez de CPI da Codeplan.

O deputado petista Paulo Tadeu, único integrante da oposição na comissão de inquérito, disse que o requerimento de criação que foi assinado trazia a denominação de CPI da Corrupção justamente para ampliar a apuração das denúncias em todos os órgãos do governo local. "Prefiro que não denomine de CPI da Codeplan e sim da corrupção porque acaba atingindo a imagem dos funcionários da Companhia de Planejamento do Distrito Federal, quando o objetivo é mais amplo, de investigar todo o esquema de corrupção adotado no âmbito de vários órgãos da administração", disse Tadeu.

O presidente da CPI, deputado Alírio Neto (PPS) disse que não via problemas na denominação da comissão de inquérito porque o documento final que atribui os objetivos da CPI traz grafada a expressão "Codeplan e outros órgãos". "Não fui eu que redigi a resolução que cria a comissão de inquérito, no documento está escrito Codeplan e outros órgãos e não vejo demérito para os servidores da Codeplan a CPI ser denominada com este nome. Já estava escrito e as pessoas quando assinaram deveriam prestar atenção no que se lê", disse Neto.

"O nome (Codeplan) se encaixa direitinho, porque os vídeos foram gravados dentro das salas da empresa, foi de lá que saiu a maioria das denúncias", disse o distrital Geraldo Naves (DEM), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, responsável por acatar ou não os pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda.

Em minoria, o PT ainda insistiu na argumentação de proteger a imagem dos servidores públicos que não estão envolvidos em suspeitas de ilegalidade. "Quem pratica corrupção são as pessoas e não as empresas. A imensa maioria dos servidores da Codeplan é de gente séria, então me parece demérito à empresa, chegando ao desrespeito aos servidores com a manutenção do nome da CPI", disse o petista Chico Leite.

O deputado Batista das Cooperativas (PRP), que faz parte do grupo governista, rebateu a oposição e comemorou a manutenção do nome oficial da comissão como CPI da Codeplan. "Não significa que está se restringindo as investigações à Codeplan, porque o objeto da CPI já está definido", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos