Ação da AGU possibilitou economia de R$ 250 bilhões em 2009

Lourenço Canuto
Da Agência Brasil
Em Brasília

A atuação da Advocacia-Geral da União (AGU) permitiu uma economia de R$ 250 bilhões no ano passado, entre os recursos arrecadados e a economia feita pela instituição. A informação foi dada hoje (22) pelo advogado-geral da União, ministro Luiz Inácio Lucena Adams.

No ano passado, a Câmara de Conciliação e Arbitragem da Administração Federal da AGU solucionou 32 conflitos entre a União, entes da federação e órgãos da administração pública em processos que envolviam mais de R$ 3 bilhões.

Foram acompanhados nesse período 5,9 milhões de processos, tendo sido inscritos na dívida ativa 85,6 bilhões para cobrança de créditos da União e ajuizadas quase 2 mil ações de execução de acórdãos do Tribunal de Contas da União, com a previsão de arrecadação de mais de R$ 770 milhões de empresas e entes condenados pela má utilização de recursos públicos.

Adams prestou as informações durante encontro com jornalistas. Ele falou também sobre o aperfeiçoamento da relação institucional entre a AGU e o Estado, que, em sua opinião, é cada vez mais significativa. Entre as ações que tiveram grande avanço no ano passado, Adams citou a conciliação de conflitos e o aumento da qualidade da defesa judicial nos tribunais superiores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos