Ato do presidente da Câmara Legislativa do DF reativa CPI do mensalão do DEM

Keila Santana
Especial para o UOL Notícias
Em Brasília

Judiciário envia intimação ao presidente da CPI

O presidente interino da Câmara Legislativa, deputado Cabo Patrício (PT), publicou um ato nesta sexta-feira (22) para reativar a CPI da Corrupção e manter para a próxima terça-feira o depoimento do ex-secretário Durval Barbosa, denunciante do mensalão do DEM de Brasília.

O distrital deu prazo até às 14h da próxima segunda-feira (25) para que os líderes dos partidos na Casa indiquem novos integrantes para a CPI. Se não houver indicação, o próprio Cabo Patrício promete nomear os integrantes da comissão de inquérito, amparado pelo regimento interno da Câmara.

"Vamos esgotar todos os procedimentos administrativos", disse Patrício.

O ato do presidente interino também solicita aos líderes partidários a indicação de novos membros para compor a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e a Comissão Especial destinada a analisar os pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda.

Com o prazo para formar nova composição da CPI da Corrupção, o deputado Cabo Patrício também marcou eleição do presidente e do vice da comissão, além de escolha de novo relator para às 18 horas do dia 25.

No dia 26, terça, será a vez dos membros da CCJ elegerem o presidente e vice, às 15 horas, e na quarta-feira, 27, o plenário está convocado para eleição dos deputados designados para compor a Comissão Especial que vai analisar os pedidos de impeachment.

Segundo o deputado Cabo Patrício, a CPI só poderia ter sido encerrada se os líderes dos partidos tivessem formalizado a retirada dos integrantes no Diário da Câmara Legislativa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos